Viva o Dia Nacional do Livro!

Hoje, 29 de outubro, é comemorado o Dia Nacional do Livro no Brasil. A escolha da data é uma homenagem ao dia no qual também foi fundada a Biblioteca Nacional do Brasil, localizada no Rio de Janeiro, em 1810.


 

Especial A Traça Biblió e o Poeta será exibido pela TVE


Convido todas as gurias e todos os guris, pequenos e grandes, que curtem o sabor dos livros, para assistirem ao especial A Traça Biblió e o Poeta –Brincando com os versos de Quintana, que será exibido pela TVE, amanhã, sábado (24/10), às 11h30min. O especial também será exibido pelo canal YouTube da Casa de Cultura Mario Quintana e pelo Facebook da TVE.

Será uma grande alegria contar com a audiência de vocês!

Gravado na Casa de Cultura Mario Quintana, o especial  é uma homenagem às crianças e marca a abertura das comemorações  dos 30 anos de trajetória no Teatro, da consagrada personagem Traça Biblió, protagonista do livro Uma Graça de Traça, de Carlos Urbim. 

Direção e captação de imagens (Kevin Nicolai), música (José Eduardo Prates-EProdutora), direção de fotografia (Nicollas Colar Medeiros),  produção e assistente de direção (Elisa Gottfriend), produtora (Estúdio Ninho), figurino e maquiagem (Nilton Silveira). A edição do especial é assinada por Daniela Bonamigo com a coordenação de Hilda Haubert.

Realização de Dinorah Araújo Produções Culturais/Companhia Te-Atuar, em parceria com a Casa de Cultura Mario Quintana e a TVE, com apoio da FM Cultura.

“Na pele da Traça Biblió, estou muito feliz por essa oportunidade do encontro que terei com a gurizada, com o querido público, mesmo que virtual, nesse momento tão difícil da pandemia, que nos impede de praticarmos de forma presencial o sagrado ritual da atuação diante do público, com o rigor e a emoção que o fazer teatral nos proporciona.

Agradeço imensamente à Casa de Cultura Mario Quintana e à TVE pelas parcerias, sem as quais não teria sido possível realizar esse trabalho. Dedico esse trabalho à memória de Mario Quintana e Carlos Urbim , e a todas as crianças que assistiram a Biblió, mas principalmente àquelas que não têm acesso à cultura, com o empenho e a esperança de que elas também venham a conhecer o universo mágico do teatro e, através da leitura, possam curtir o doce sabor dos livros.

Um obrigado especial também às equipes de trabalho, ao público, e a todas as pessoas que desde o início e, ao longo desses 30 anos, acreditaram na Biblió”.

Dinorah Araújo


Serviço

24/10-sáb-11h30min – Reprise-dom-25/10-16h – duração: 30 minutos

Exibição - TVE Canal 7 (TV Aberta) e 507 NET/Claro (Porto Alegre)

http://www.tve.com.br/sintonize-a-tve-em-sua-cidade/ (Interior)  

www.facebook.com/tvepublicars

https://www.facebook.com/umagracadetraca

https://www.facebook.com/dinoraharaujoproducoes
Canal YouTube – Casa de Cultura Mario Quintana

Maiores informações

Telefones: +55 (51) 99964-5492

E-mail: dinorah@cpovo.net - Skype: mdatuar

Instagram @araujodinorah - @tracabiblio

Twitter @DinorahAraujo - @TracaBiblio

                 



Especial na TVE será exibido neste sábado

A Traça Biblió e o Poeta –Brincando com os versos de Quintana, homenageia as crianças e marca a abertura das comemorações dos 30 anos de trajetória no Teatro, da consagrada personagem Traça Biblió, protagonista do livro Uma Graça de Traça, de Carlos Urbim.

Exibição será feita pela TVE neste sábado (24/10), às 11h30min.

Será exibido também pelo Facebook da TVE e pelo canal YouTube da Casa de Cultura Mario Quintana.

O especial é uma realização de Dinorah Araújo Produções Culturais/Companhia Te-Atuar, em parceria com a Casa de Cultura Mario Quintana e a TVE, com apoio da FM Cultura.

24/10-sáb-11h30min – Reprise-dom-25/10-16h

Exibição - TVE Canal 7 (TV Aberta) e 507 NET/Claro (Porto Alegre)

http://www.tve.com.br/sintonize-a-tve-em-sua-cidade/ (Interior)

TVE RS

Canal YouTube – Casa de Cultura Mario Quintana

Maiores informações

https://www.facebook.com/dinoraharaujoproducoes/

https://www.facebook.com/umagracadetraca

Arte do cartaz:
Luiz Carlos Fetter


Traça Biblió Revisitada -30 anos de incentivo à leitura e amor aos livros


Especial na TVE marca abertura das comemorações

Gravado na Casa de Cultura Mario Quintana, o especial A Traça Biblió e o Poeta –Brincando com os versos de Quintana, homenageia as crianças e marca a abertura das comemorações dos 30 anos de trajetória no Teatro, da consagrada personagem Traça Biblió, protagonista do livro Uma Graça de Traça, de Carlos Urbim. A exibição será fita pela TVE neste sábado (24/10), às 11h30min, com reprise no domingo (25/10), às 16 horas. Será exibido também pelo Facebook da TVE e pelo canal YouTube da Casa de Cultura Mario Quintana.

Direção e captação de imagens (Kevin Nicolai), música (José Eduardo Prates-EProdutora), direção de fotografia (Nicollas Colar Medeiros), produção e assistente de direção (Elisa Gottfriend), produtora (Estúdio Ninho), figurino e maquiagem (Nilton Silveira). A edição do especial é assinada por Daniela Bonamigo com a coordenação de Hilda Haubert.

O especial é uma realização de Dinorah Araújo Produções Culturais/Companhia Te-Atuar, em parceria com a Casa de Cultura Mario Quintana e a TVE, com apoio da FM Cultura.


O pato ganhou sapato,

Foi logo tirar retrato.

O macaco retratista

Era mesmo um grande artista.

Quintana


Traça Biblió - Histórico

Biblió é uma traça singular que ama os livros e, ao invés de roê-los,  se tornou guardiã da biblioteca infantil de uma  velha escola.

Em cartaz há 30 anos, desde que saltou das páginas do livro “Uma Graça de Traça” dia 13 de outubro de 1990, a personagem incentiva a leitura e a preservação dos livros, de forma alegre e divertida.

Segundo o próprio Carlos Urbim escreveu: “Houve um dia em que a traça saltou do livro e ganhou vida própria. Pela sensibilidade da atriz Dinorah Araújo, tornou-se estrelinha do teatro gaúcho.”  

Desde a montagem do livro Uma Graça de Traça na década de 1990, somando todos os projetos nos quais Dinorah Araújo vem atuando com a personagem: peça infantil Uma Graça de Traça, Série A Traça Biblió e o Poeta (Brincando com os versos de Quintana -visita guiada na Casa de Cultura Mario Quintana- e o espetáculo infantil Brincando com os versos de Carlos Urbim), e contação de histórias de autores como Simões Lopes Neto (Negrinho do Pastoreio e A MBoitatá), a Traça Biblió contabiliza atualmente 881 apresentações para 106.167 espectadores.


Biblió, Teca!

Venham almoçar

Há guisadinho

De papel

Para traçar!

Carlos Urbim


A Traça Biblió e o Poeta –Brincando com os versos de Quintana

Foi idealizado por Dinorah Araújo, no verão de 2006, após nove meses de estudos da obra de Quintana e ensaios, com montagem da Companhia te-Atuar estreou no dia 5 de outubro do mesmo ano, com a parceria da Casa de Cultura Mario Quintana, ocasião que integrou a programação intitulada: Aprendiz de Feiticeiro - 100 Anos de Mario Quintana. De lá para cá, além das apresentações sistemáticas para as escolas , o projeto integrou as programações especiais em homenagem ao aniversário de nascimento do poeta e da Casa de Cultura. Embora concebido para receber alunos de Escolas do Ensino Fundamental, o projeto também recebe crianças e adolescentes participantes de ONGS e outros projetos sociais. Público de todas as idades, incluindo estudantes de escolas de Ensino Médio como os Institutos Federais e do programa Pró-Jovem já participaram. Por motivos de estudo, alunos e professores de Arquitetura da UNIOESTE de Santa Catarina e do Curso de Museologia da UFRGS conheceram a Casa de Cultura guiados pela Traça Biblió.


Mais do que uma visita guiada, o projeto A Traça Biblió e o Poeta –Brincando com os versos de Quintana é uma apresentação teatral com atuação de Dinorah Araújo, que de forma lúdica, com a personagem Traça Biblió percorre os mais variados espaços das duas alas da Casa de Cultura, entre eles o quarto do poeta, a Biblioteca Infantojuvenil Lucília Minssen, o Jardim Lutzenberger, o acervo do poeta e o Quintana`s Bar. O roteiro é assinado pelo escritor e jornalista Carlos Urbim e pela atriz, jornalista e produtora cultural Dinorah Araújo.

Participantes de projetos sociais, oriundos dos quatro cantos do Rio Grande do Sul, conheceram a Casa de Cultura Mario Quintana por meio do projeto, que contabiliza 138 apresentações para 5.320 espectadores.


O gato é preguiçoso como uma segunda-feira.
Quintana


O conteúdo da visita

Com início no Espaço Elis Regina, na Travessa dos Cataventos, o trabalho aborda o universo infantil da obra do poeta, sem deixar de incluir aspectos alusivos à infância contidos nos livros para adultos, além de referências que traduzem o amor de Quintana pela cidade de Porto Alegre, uma das grandes fontes inspiradoras da sua produção literária.

Enquanto vai mostrando detalhes da Casa de Cultura e contando sobre a vida e a obra do poeta às crianças, Biblió vai dizendo poemas e textos de Quintana. A obra e a vida do poeta alegretense são mescladas com a história do Hotel Majestic, fundado em 1923, e que se tornou a atual Casa de Cultura,  em 1990, um dos centros culturais mais completos da América do sul.

Os poemas e textos escolhidos para compor o roteiro pela atriz, jornalista e produtora cultural Dinorah Araújo e pelo escritor e jornalista Carlos Urbim (1948-2015), integram as seguintes obras: Pé de Pilão, Lili Inventa o Mundo, Baú de Espantos, Sapo Amarelo,  A Rua dos Cataventos, Canções, Sapato Florido, Espelho Mágico, Caderno H, Apontamentos de Histórias Sobrenatural, Esconderijos do Tempo, A Vaca e o Hipogrifo, O Batalhão das Letras e Sapato Furado.

Nós da FADEM gostaríamos de agradecer e parabenizar pela recepção na nossa visita, adoramos o contato com a Biblió, principalmente os alunos que comentaram muito sobre a personagem. Todos os recantos da Casa de Cultura Mario Quintana irão ficar na nossa memória, como forma de cultuarmos e valorizarmos a nossa cultura, através das lindas palavras, versos e poemas escritos por Mario Quintana.


Juçara Rech Ortiz - Educadora Física - Coordenadora SCFV FADEM – Fundação de Atendimento a Deficientes Múltiplos


“O projeto é uma homenagem à memória e ao universo poético do Mario Quintana, com o qual as crianças se identificam muito. A obra do poeta é contextualizada à Casa de Cultura e também com a cidade de Porto Alegre, a exemplo dos poemas Arquitetura Funcional e O Mapa, além de ser associada com a realidade dos estudantes que assistem, e desde a estreia apresentam gratas surpresas, as quais me ensinam e emocionam, no sentido da compreensão e identificação, que as crianças têm dos poemas e textos do Quintana”, afirma a atriz.

Na opinião da pedagoga Luana Castro do Couto, a apresentação da visita guiada à Casa de Cultura Mario Quintana com a Traça Biblió tem muito a oferecer às crianças, instigando a imaginação, a curiosidade e a construção de novos conhecimentos. “O projeto valoriza a leitura e a imaginação, abrindo as portas de um espaço educativo da nossa cultura para a interpretação da obra de Quintana e de outros autores. Esse encontro enriquece a formação de novos leitores e, talvez o mais importante, despertando a imaginação latente, fonte para a descoberta e para a construção do mundo. Após a apresentação da visita guiada, o mundo da criança abre-se para um novo lugar, para o mundo da poesia, da leitura, da imaginação, da valorização do patrimônio histórico, enfim, para um universo onde é possível realizar muitas outras descobertas”, avalia a pedagoga.


Serviço

Especial A Traça Biblió e o Poeta –Brincando com os versos de Quintana
24/10-sáb-11h30min – Reprise-dom-25/10-16h
Exibição - TVE Canal 7 (TV Aberta) e 507 NET/Claro (Porto Alegre)

http://www.tve.com.br/sintonize-a-tve-em-sua-cidade/ (Interior)

www.facebook.com/tvepublicars

Canal YouTube – Casa de Cultura Mario Quintana


Maiores informações

https://www.facebook.com/dinoraharaujoproducoes/
https://www.facebook.com/umagracadetraca

Telefones: +55 (51) 99964-5492/3311-6677
E-mail: dinorah@cpovo.net - Skype: mdatuar
Instagram @araujodinorah - @tracabiblio
Twitter @DinorahAraujo - @TracaBiblio


Traça Biblió – 30 anos de incentivo à leitura e amor aos livros
881 apresentações - 106.167 espectadores.
Protagonista do livro Uma Graça de Traça, de Carlos Urbim.

Atuação: Dinorah Araújo.
Em breve, informações sobre a programação comemorativa.

Foto: Rogério Soares

Sigam a Traça Biblió nas redes.

@tracabiblio
https://www.facebook.com/umagracadetraca
https://www.facebook.com/dinoraharaujoproducoes

@araujodinorah
@DinorahAraujo


 

Traça Biblió – 30 anos de incentivo à leitura e amor aos livros



Hoje se completam 30 anos de trajetória da Traça Biblió, desde que ela saltou das páginas do livro Uma Graça de Traça, de Carlos Urbim, e iniciou a sua aventura no Teatro.

Lá no dia 13 de outubro de 1990, eu não imaginava tantas histórias e conquistas, ao longo dessas três décadas. Dizem que Uma Graça de Traça foi o espetáculo de maior sucesso do Teatro Infantil no Rio Grande do Sul. Não sei, e isso não é o mais importante, mas me orgulho profundamente em constatar que uma personagem, um espetáculo que incentiva a leitura e a preservação, o amor aos livros, tenha tido e continue tendo público por duas gerações. São 881 apresentações para 106.167 espectadores.

Muitas pessoas contribuíram para o êxito dessa trajetória. Aos poucos, vou citar, contar e agradecer. Mas hoje, e sempre, o agradecimento especial vai para a memória do criador da Biblió, o genial jornalista e escritor, Carlos Marino da Silva Urbim, que me presenteou com essa personagem única. Agradeço à família Urbim (Alice Urbim, Emiliano Urbim e Glauco Urbim), por me permitirem que eu continue atuando com a Traça Biblió. Ofereço essa alegria aos netos do Urbim: Catarina e Miguel.

“Houve um dia em que a traça saltou do livro e ganhou vida própria. Pela sensibilidade da atriz Dinorah Araújo, tornou-se estrelinha do teatro gaúcho, se esbaldou em palcos de quase todo o Rio Grande do Sul durante vários anos.

Nessa trajetória, o autor de Uma Graça de Traça, depois de tantas reedições do livro, sabe que o sucesso do personagem está no carinho e na dedicação, no talento e na persistência da atriz Dinorah Araújo, que traz no coração e na arte de representar a essência de tudo o que a Biblió tem para cativar a gurizada.
A tracinha simpática se espalha pela Internet, com site próprio. Aventura-se pelas novidades tecnológicas que projetam o futuro. Seu recado, no entanto, é único: mesmo no mundo virtual, o gosto mais saboroso é o do papel desempenhado pelos livros em nossa vida”. (Carlos Urbim - Fragmento do texto Biblió Revisitada – O doce sabor dos livros-2007).

O lançamento do selo é a primeira ação comemorativa aos 30 anos da Biblió.

A festa recém está começando! (Aguardem a programação).


www.tracabiblio.com.br

Instagram @tracabiblio

facebook.com/umagracadetraca

facebook.com/dinoraharaujoproducoes

facebook.com/traca.biblio

Twitter @BiblioTraca

@araujodinorah

Twitter DinorahAraújo

 


 



Feliz Dia da Criança!
Poema do Livro Saco de Brinquedos,
de Carlos Urbim.
Ilustração: Laura Castilhos.


Fique Em Casa e conte com a companhia de um bom livro.


Fotos: Clara Assenato estúdio Cláudio Etges

Dupla Delícia

O livro traz a vantagem de a gente poder estar só e ao mesmo tempo acompanhado.
Mario Quintana

Mais do que nunca devemos reverenciar os livros. Em homenagem à memória de William Shakespeare e de Miguel de Cervantes, por ser a data da morte de ambos, a Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura-UNESCO, instituiu em 1995 o dia 23 de abril como Dia Mundial do Livro.

 


 

Viva os autores e os livros para crianças!

#FiqueEmCasa

Através dos livros eu faço viagens incríveis para lugares fantásticos onde eu jamais poderia ir”. Traça Biblió.

Os autores que se dedicam a escrever para crianças merecem aplausos, ainda mais numa sociedade que não dá para a infância o valor que ela tem. Essa realidade é encontrada não apenas na literatura; outras linguagens artísticas como as artes cênicas (teatro e dança) e a música também sofrem discriminação quando se trata de obras para a gurizada. No teatro, por exemplo, quando se fala de uma montagem infantil, muitas pessoas se referem ao trabalho como uma “pecinha”, mas se for para adultos é uma peça de teatro, ou um espetáculo teatral.

Tudo isso para dizer, que embora desde o dia 8 de janeiro de 2002, o dia 18 de abril tenha sido escolhido para celebrar o Dia Nacional do Livro Infantil, em homenagem o escritor Monteiro Lobato, todos os dias devem ser considerados Dia do Livro Infantil porque uma obra para as crianças deve ser muito valorizada e respeita, já que é o primeiro estímulo para que a criança se torne um leitor, uma pessoa dona de pluralidade de ideias, e veja o mundo, a vida, com seus próprios olhos.

Na minha opinião, somente a leitura tem a capacidade de desenvolver o imaginário da criança de forma completamente livre porque, segundo a protagonista do livro Uma Graça de Traça, de Carlos Urbim (Traça Biblió): “através dos livros eu faço viagens fantásticas para lugares onde eu jamais poderia ir.”

Nesse momento, que o isolamento social se faz necessário no mundo inteiro, com as escolas fechadas, se para algumas famílias a leitura ainda não integrava as atividades, os hábitos cotidianos, as brincadeiras da criançada; a inclusão dos livros deve ser adotada como uma inteligente e generosa solução.


Viva as bibliotecas do Brasil e do mundo!


FIQUE EM CASA.

Desde 1980, no dia nove de abril é comemorado o Dia da Biblioteca no Brasil.

Graças ao esforço e dedicação de pessoas, as quais têm o olhar voltado para o coletivo, em tempos recentes, a rede de bibliotecas comunitárias vem se expandindo, no sentido de democratizar o livro e a leitura, como é o caso da rede Beabah - Bibliotecas Comunitárias do RS e da ONG Cirandar, mas está muito longe a realidade que cada criança brasileira, como é de direito, tenha acesso ao mundo encantado dos livros, em especial as crianças que vivem nas comunidades quilombolas, nas aldeias indígenas, e nas periferias principalmente das grandes cidades, ou de lugares distantes dos centros onde estão os equipamentos culturais.

Vale citar que, embora existam ações públicas com o objetivo de democratizar o livro, as mesmas não chegam até a grande parte da população.


Biblió/Cláudio Etges


Biblioteca Comunitária Girassol



Biblioteca Instituto Goethe/Facebook Instituto Goethe

Biblioteca Quilombo dos Machados


Biblioteca Chocolatão/ONG Cirandar

Ao longo da vida, atento a preservação e democratização dos livros e ao estímulo da leitura, apoiador contumaz das bibliotecas, no poema Na biblioteca, do livro Caderno de Temas, o jornalista e escritor Carlos Urbim, escreveu:

Posso, se quero
seguir o vôo
do quero-quero

ou tomar licor de anis
numa taverna da Espanha


posso ser o homem-Aranha
num arranha-céu
de Chicago
e não me cago de medo


Nada me destrói:
na biblioteca
cheia de aventuras
Passadas, futuras
Sou um super-herói!

 

 

Traça Biblió

Incentivo à leitura e a preservação dos livros, de forma alegre e divertida


Fotos: Rogério Soares

Biblió é uma traça singular que ama os livros e, ao invés de roê-los,  se tornou guardiã da biblioteca infantil de uma  velha escola.

Em cartaz há 29 anos, nesse ano de 2020 a personagem vai completar 30 anos, desde que saltou das páginas do livro “Uma Graça de Traça”, no dia 13 de outubro de 1990.

Segundo o próprio Carlos Urbim escreveu: “Houve um dia em que a traça saltou do livro e ganhou vida própria. Pela sensibilidade da atriz Dinorah Araújo, tornou-se estrelinha do teatro gaúcho.”  

Desde a montagem do livro Uma Graça de Traça na década de 1990, somando todos os projetos nos quais Dinorah Araújo vem atuando com a personagem: peça infantil Uma Graça de Traça, Série A Traça Biblió e o Poeta (Brincando com os versos de Quintana -visita guiada na Casa de Cultura Mario Quintana- e o espetáculo infantil Brincando com os versos de Carlos Urbim), e contação de histórias de vários autores, a Traça Biblió contabiliza atualmente 881 apresentações para 106.167 espectadores.

 

Série A Traça Biblió e o Poeta
Brincando com os versos de Carlos Urbim – Espetáculo infantil


Foto: Clara Assenato estúdio Cláudio Etges

Espetáculo que inaugurou o Teatro Carlos Urbim da Feira do Livro de Porto Alegre, em homenagem à memória do escritor, no dia 30 de outubro de 2015, contabiliza 171 apresentações para 19.800 espectadores

Foi apresentado em escolas da rede pública e privada de ensino de Porto Alegre e do Interior do Rio Grande do Sul, tendo também integrado programações como a Semana da Criançada no Instituto Ling em comemoração aos 25 anos da personagem, Semana de Cultura da Santa Casa de Porto Alegre, e de feiras de livros da Capital e de cidades do Interior do RS, entre elas: São Leopoldo, Ivoti, Dois irmãos, Viamão, São Jerônimo, Arroio dos Ratos, Arroio do Sal  e Tramandaí. Além das apresentações em ONGs e projetos Sociais como o Centro de Formação Teresa Verzeri (Navegantes) e AMUE – Associação de Mulheres Unidas do Morro da Polícia, Porto Alegre, inaugurou em 2018, o Foron Fon Fon Espaço Lúdico, ocasião em que homenageou os 70 anos de nascimento de Carlos Urbim e marcou comemorações como o 68º. aniversário da Biblioteca Pública Municipal Fernandes Bastos de Osório.


Brincando com os versos de Quintana - Visita Guiada na Casa de Cultura


Fotos: Cláudio Etges

Idealizado no verão de 2006 por Dinorah Araújo, estreou no dia 5 de outubro do mesmo ano, em parceria com a Casa de Cultura Mario Quintana, ocasião que integrou a programação intitulada: Aprendiz de Feiticeiro - 100 Anos de Mario Quintana.

De lá para cá, além das apresentações sistemáticas para as escolas , o projeto integrou as programações especiais em homenagem ao aniversário de nascimento do poeta e de aniversário da Casa de Cultura. Embora concebido para receber alunos de Escolas do Ensino Fundamental, o projeto também recebe crianças e adolescentes participantes de ONGS e outros projetos sociais. Público de todas as idades, incluindo estudantes de escolas de Ensino Médio como os Institutos Federais, integrantes do EJA e do programa Pró-Jovem já participaram. Por motivos de estudo, alunos de Arquitetura da UNIOESTE de Santa Catarina e do Curso de Museologia da UFRGS optaram por conhecerem a Casa de Cultura guiados pela Traça Biblió.

O Projeto contabiliza 138 apresentações para 5.320 espectadores.


Contatos com a produção para agenda de apresentações
Telefones: (51) 99964-5492 – WhatsApp 3311-6677
E-mail: dinorah@cpovo.net

www.facebook.com/dinoraharaujoproducoes

@araujodinorah

@dinoraharaujoproducoes

Twitter DinorahAraujo


Em clima de festa,  dia 2 de julho, a Companhia Te-Atuar abriu a temporada do espetáculo  A Traça Biblió e o Poeta –Brincando com os versos de Carlos Urbim, dirigida e protagonizada por Dinorah Araújo,  marcando a  homenagem aos 70 anos de nascimento do  Guri Daltônico e a  inauguração do Foron Fon Fon Espaço Lúdico.

Fotos: Claudio Etges

     
     
     
 

 

 

Último fim de semana para curtir o sabor dos livros com a Traça Biblió no Foron Fon Fon

Quem ainda não levou as crianças para assistir o espetáculo infantil A Traça Biblió e o Poeta –Brincando com os versos de Carlos Urbim, ou quem quiser rever a peça e a exposição Eu Ilustro Urbim, que homenageiam os 70 anos de nascimento do escritor e jornalista, terá a última oportunidade neste fim de semana.


A Traça Biblió e o Poeta

Ambientado num universo lúdico,  o espetáculo  estimula a leitura e a preservação dos livros,  de forma alegre e divertida.

Protagonizada e dirigida por Dinorah Araújo,  em montagem da Companhia Te-Atuar, por meio de recursos visuais e sonoros, a personagem Biblió  vai contando  a sua história e dizendo,  com o manuseio de brinquedos e livros,  poemas do Caderno de Temas de Carlos Urbim, que falam do cotidiano dos guris e das gurias no mundo da escola e da família,  como jogo de taco, pandorga, geografia, aritmética,  papel de carta, namoro e bolinho de chuva.


foto: Cláudio Etges.

Foron Fon Fon Espaço Lúdico

Localizado nos altos do Café Fon Fon, apresenta espetáculos aos sábados e domingos, às 11 horas da manhã. O espaço oferece 40 lugares (25 para crianças e 15 para adultos).

Além das temporadas teatrais nos finais de semana, o objetivo do espaço é proporcionar para a gurizada atividades nas mais variadas linguagens artísticas como teatro convencional, teatro de bonecos, dança, música, literatura, saraus voltados ao público infantil, e de forma livre oferecer para as crianças atividades de criação (pintura, desenhos, colagem).

Durante a semana o Foron Fon Fon recebe escolas e outros grupos interessados em assistir espetáculos e participar das mais variadas atividades lúdicas.


Serviço


A Traça Biblió e o Poeta –Brincando com os versos de Carlos Urbim

23 e 24 de junho de 2018 – Sáb e Dom – 11h
Foron Fon Fon Espaço Lúdico- Rua Vieira de Castro, 22 (em frente à Redenção)

Ingressos antecipados

Livraria Bamboletras (Rua Gen. Lima e Silva, 776) ou pelo aplicativo do Café Fon Fon, disponível para Android e Apple

Valor ingressos antecipados: R$ 30,00

Descontos 50%: Estudantes, professores,  maiores de 60 e classe artística

Ingressos no local

Valor Ingressos no local: R$ 40,00

Descontos 50%: Estudantes, professores, maiores de 60 e classe artística


Mais informações

www.facebook.com/dinoraharaujoproducoes/

Telefones:  (51) 3311.6677 e 99964.5492 - E-mail: dinorah@cpovo.net


 

Traça Biblió inaugura o Foron Fon Fon Espaço Lúdico em homenagem aos 70 anos de nascimento do Urbim

Porto Alegre vai ganhar um novo espaço dedicado às crianças, o Foron Fon Fon Espaço Lúdico. Fica nos altos do Café Fon Fon, Rua Vieira de Castro, 22, Bairro Farroupilha, em frente ao Parque da Redenção. A inauguração está marcada para o dia 2 de junho de 2018, com o espetáculo A Traça Biblió e o Poeta –Brincando com os versos de Carlos Urbim, marcando a homenagem aos 70 anos de nascimento do autor e integrando as comemorações dos seis anos do Café Fon Fon. Com horário diferenciado para o teatro, o Foron Fon Fon apresentará espetáculos aos sábados e domingos, sempre às 11 horas da manhã. O espaço oferece 40 lugares (25 para crianças e 15 para adultos).

A Traça Biblió ficará em cartaz de 2 a 24 de junho, período em que o Foron Fon Fon mostrará parte da exposição Eu Leio Urbim.

Além das temporadas teatrais nos finais de semana, segundo os gestores do Foron Fon Fon, compositores e instrumentistas, Bethy Krieger e Luizinho Santos, o objetivo do espaço é proporcionar para a gurizada atividades nas mais variadas linguagens artísticas como teatro, música, literatura, dança, teatro de bonecos, saraus voltados ao público infantil, e de forma livre oferecer para as crianças atividades de criação (pintura, desenhos, colagem).

“Acho importante deixar a imaginação  das crianças ter espaço para acontecer. Brincar é a maior atividade de aprendizado que uma criança pode ter”, afirma Bethy Kriger.

Durante a semana o Foron Fon Fon receberá escolas e outros grupos interessados em assistir espetáculos e participar das mais variadas atividades lúdicas.

 


A Traça Biblió e o Poeta –Brincando com os versos de Carlos Urbim


foto: Clara De Albuquerque Assenato/Estúdio Cláudio Etges.

Ambientado num universo lúdico,  o espetáculo  estimula a leitura e a preservação dos livros, de forma alegre e divertida.

Com cenário assinado por Nelsinho de Magalhães e Nelson Rosa, design gráfico de Luiz Carlos Fetter, a peça tem  trilha sonora de música incidental, criada especialmente por Eduardo Prates e iluminação de Prego Produções. O painel do cenário  é formado por imagens, que acompanham o  desenvolvimento do roteiro e significam as ações da personagem Traça Biblió.

Protagonizada e dirigida por Dinorah Araújo,  em montagem da Companhia Te-Atuar, por meio de recursos visuais e sonoros, a personagem Biblió  vai contando  a sua história e dizendo,  com o manuseio de brinquedos e livros,  poemas do Caderno de Temas de Carlos Urbim, que falam do cotidiano dos guris e das gurias no mundo da escola e da família,  como jogo de taco, pandorga, geografia, aritmética,  papel de carta, namoro e bolinho de chuva.

Indicada para crianças até os 10 anos, segundo a pedagoga Eliane Alberche, assessora pedagógica da peça, nessa relação de prazer com o livro,  a criança constrói suas aprendizagens, forma conceitos e estrutura seu pensamento.

“Os poemas do Caderno de Temas envolvem coisas que estão na vida da gente, que  continuamos fazendo, repintando.  Traduzem  o mundo da escola no olhar de um guri, de forma sapeca e alegre, permitem enxergar o mundo da mesma altura, encontrando o mesmo olhar da criança”, disse Carlos Urbim.

As ações desenvolvidas com a Traça Biblió homenageiam neste ano de 2018 os 70 anos de nascimento do jornalista e escritor Carlos Urbim (1948 – 2015).


Histórico da peça

Espetáculo que inaugurou o Teatro Carlos Urbim da Feira do Livro de Porto Alegre, em homenagem à memória do escritor, no dia 30 de outubro de 2015, contabiliza 163 apresentações para 19.500 espectadores.

foi apresentado em escolas da rede pública e privada de ensino de Porto Alegre e do Interior do RS, tendo também integrado programações como a Semana da Criançada no Instituto Ling, Semana de Cultura da Santa Casa de Porto Alegre, e de feiras de livros da Capital e de cidades do Interior do RS, entre elas: São Leopoldo, Ivoti, Dois irmãos, Viamão, São Jerônimo, Arroio dos Ratos, Arroio do Sal  e Tramandaí. Além das apresentações em ONGs e projetos Sociais como o Centro de Formação Teresa Verzeri (Navegantes) e AMUE – Associação de Mulheres Unidas do Morro da Polícia, Porto Alegre, marcou comemorações como o 68º. aniversário da Biblioteca Pública Municipal Fernandes Bastos de Osório.


Traça Biblió – 28 anos – Incentivando a leitura e o amor aos livros

É uma traça singular que ama os livros e, ao invés de roê-los,  se tornou guardiã da biblioteca infantil de uma  velha escola onde mora.

A personagem está em cartaz há 28 anos, desde que saltou das páginas do livro “Uma Graça de Traça”, em outubro de 1990 e, segundo o próprio Carlos Urbim escreveu: “Houve um dia em que a traça saltou do livro e ganhou vida própria. Pela sensibilidade da atriz Dinorah Araújo, tornou-se estrelinha do teatro gaúcho.”  

A personagem Traça Biblió, somando todos os projetos, desde a montagem do livro Uma Graça de Traça na década de 1990, contabiliza atualmente 873 apresentações para 105.867 espectadores.

Duração: 50 minutos 


Serviço

A Traça Biblió e o Poeta –Brincando com os versos de Carlos Urbim

Temporada – 2 a 24 de junho de 2018 – Sáb e Dom – 11h

Foron Fon Fon Espaço Lúdico- Rua Vieira de Castro - 22- Farroupilha

 

Valor ingressos Antecipados: R$ 30,00

Descontos 50%: Estudantes, professores, maiores de 60 e classe artística

À venda na Livraria Bamboletras- R. Gen. Lima e Silva, 776–C. Baixa

À venda pela internet

Apple

https://itunes.apple.com/br/app/caf%C3%A9-fon-fon/id1337654247?mt=8

Android

https://play.google.com/store/apps/details?id=com.smartlifebr.cafefonfon&hl=en_US


Valor ingressos no local: R$ 40,00

Descontos 50%: Estudantes, professores, maiores de 60 e classe artística

Reservas - (51) 99880-7689 – cafefonfon@gmail.com

www.facebook.com/cafefonfonportoalegre/


Informações

www.tracabiblio.com.br e www.facebook.com/dinoraharaujoproducoes

Telefones:  (51) 3311.6677 e 99964.5492 - E-mail: dinorah@cpovo.net



Dinorah Araújo – Produção Cultural e Assessoria de Imprensa

Jornalista - MTb 5704
Produtora Cultural - CEPC-RS 301

Telefones: +55 (51) 3311-6677 e 99964-5492
E-mail: dinorah@cpovo.net - Skype: mdatuar
www.facebook.com/dinoraharaujoproducoes/





Traça Biblió: 26 anos incentivando a leitura e o amor aos livros


Foto: Clara De Albuquerque Assenato/Estúdio Cláudio Etges

872 apresentações para 105.797 espectadores

Em outubro de 1990, Biblió saiu das páginas do livro Uma Graça de Traça, de Carlos Urbim, para ser a personagem principal da peça homônima, que se tornou um dos maiores êxitos do teatro infantil gaúcho de todos os tempos. Apresentada 408 vezes, foi assistida por mais de 70 mil espectadores.
Anos 1990: se tornou mascote da Biblioteca Infantil do Colégio Pastor Dohms de Porto Alegre; foi personagem do Projeto "Papel Antigo & Papel Velho" do Arquivo Histórico Moysés Vellinho - SMC - Prefeitura de Porto Alegre.
Anos 2000: foi contemplada com a Menção Honrosa do Prêmio Nacional Rodrigo Melo Franco de Andrade 2000 - Instituto do Patrimônio Artístico e Histórico Nacional (IPHAN). Estreia da Série A Traça Biblió e o Poeta - A Traça Biblió e o Poeta –Brincando com os versos de Quintana (apresentação teatral – visita guiada na Casa de Cultura Mario Quintana)-2006; Espetáculo infantil A Traça Biblió e o Poeta –Brincando com os versos de Carlos Urbim (2007)-Conta a história da Santa Casa de Porto Alegre no evento de lançamento do Centro Histórico-Cultural, é mascote da campanha de doação de livros do Prêmio Fato Literário -RBS na Feira do Livro de Porto Alegre (2008). -Participa da abertura da Feira do Livro de Porto Alegre-Patrono Carlos Urbim -Apresenta a canja no Encontros com o Professor – Personalidade entrevistada Carlos Urbim (2009).
O espetáculo A Traça Biblió e o Poeta –Brincando com os versos de Carlos Urbim participou do espetáculo Um guri colorido, em homenagem à memória de Carlos Urbim, apresentado no Teatro Renascença, em Porto Alegre, e inaugurou o Teatro Carlos Urbim da Feira do Livro de Porto Alegre, ambos em 2015.
De forma alegre e divertida, incentivando a leitura e a preservação dos livros, da memória cultural e da educação patrimonial também atua em projetos inclusivos que atendem crianças em situação de vulnerabilidade social e com deficiências. Faz contação de histórias de autores   como Simões Lopes Neto e Celso Gutfriend, além dos clássicos contos de fadas.
Continua percorrendo salas de espetáculos de Porto Alegre e Interior do RS. É encenada em escolas, empresas, bibliotecas, salas de leitura, festivais de teatro, seminários para educadores e feiras de livros.

Agenda escolas e outras instituições
contatar com Dinorah Araújo
fone: (51) 3311.6677/9964.5492
tracabiblio.com.br
dinorah@cpovo.net
www.facebook.com/traca.biblio


FELIZ DIA DA CRIANÇA!

Soneto VIII
Mario Quintana

Recordo ainda... E nada mais me importa...
Aqueles dias de uma luz tão mansa
Que me deixavam , sempre, de lembrança,
Algum brinquedo novo à minha porta...

Mas veio um vento de desesperança
Soprando cinzas pela noite morta!
E eu pendurei na galharia torta
Todos os meus brinquedos de criança...

Estrada afora após segui... Mas, ai,
Embora idade e senso eu aparente,
Não vos iluda o velho que aqui vai:

Eu quero os meus brinquedos novamente!
Sou um pobre menino.... acreditai...
Que envelheceu, um dia, de repente!...


Apresentações da Traça Biblió na Semana da Criança da Escola Caracol foram um grande encontro com a gurizada


Fotos: Andres Costa e Valesca Karsten

Dia muito feliz foi a quinta-feira passada quando apresentamos pela manhã e tarde o espetáculo infantil A Traça Biblió e o Poeta -Brincando com os versos de Carlos Urbim para a gurizada da Escola Caracol, aqui de Porto Alegre, dentro da programação da Semana da Criança. Imensa gratidão à professora Valesca Karsten, diretora da escola, pelo convite e pela forma profissional e generosa com a qual fomos recebidos por todos e todas da escola, meu colega de trabalho, técnico Andres Costa e eu. 
Recebemos um tratamento profissional e humano como os trabalhadores merecem.
Fiquei encantada de como a arte e a cultura são valorizadas
pela escola.
Gracias, e muito êxito à Escola Caracol!

Dinorah Araújo

 


 

Gurizada da Caracol Escolinha vai assistir
A Traça Biblió e o Poeta na Semana da Criança



Foto: Clara Assenato/Estúdio Cláudio Etges

O espetáculo A Traça Biblió e o Poeta –Brincando com os versos de Carlos Urbim será apresentado na Caracol Escolinha, em Porto Alegre, amanhã, quinta (6/10), às 10h e às 14h30min, integrando a programação da Semana da Criança.

Segundo a diretora da Caracol, professora Valesca Karsten, apresentar um espetáculo teatral na escola vem ao encontro da proposta de oferecer muita arte para a piazadinha.

O espetáculo

Ambientado num universo lúdico,  o espetáculo  estimula a leitura e a preservação dos livros, de forma alegre e divertida.

Protagonizada e dirigida por Dinorah Araújo,  por meio de recursos visuais e sonoros, a personagem Biblió  vai contando  a sua história e dizendo,  com o manuseio de brinquedos e livros,  poemas do Caderno de Temas de Carlos Urbim, que falam do cotidiano dos guris e das gurias no mundo da escola e da família,  como jogo de taco, pandorga, geografia, aritmética,  papel de carta, namoro e bolinho de chuva.

A  trilha sonora,  criada especialmente,  e o cenário   formado por imagens acompanham o  desenvolvimento do roteiro e traduzem as ações da personagem Traça Biblió

Segundo a pedagoga Eliane Alberche, nessa relação de prazer com o livro,  a criança constrói suas aprendizagens, forma conceitos e estrutura seu pensamento.

“Os poemas do Caderno de Temas envolvem coisas que estão na vida da gente, que  continuamos fazendo, repintando.  Traduzem  o mundo da escola no olhar de um guri, de forma sapeca e alegre, permitem enxergar o mundo da mesma altura, encontrando o mesmo olhar da criança”, disse Carlos Urbim.

A peça homenageia a memória do jornalista e escritor Carlos Urbim (1948 – 2015), e marca a comemoração dos 25 anos de trajetória da personagem e da Companhia Te-Atuar.



A Traça Biblió encantou a gurizada de Faxinal do Soturno

     
     
Fotos: Richard Zimmer  

O espetáculo infantil A Traça Biblió e o Poeta –Brincando com os versos de Carlos Urbim integrou a programação da 5ª. Feira do Livro de Faxinal do Soturno. Realizada pela Fundação Angelo Bozzetto no último dia 30 de abril, esse ano a feira teve como tema “Aventura pela Leitura”.

A Traça Biblió e o Poeta na 5ª. Feira do Livro de Faxinal do Soturno

foto: Clara de Albuquerque Assenato.

Amanhã, sábado, dia 30, vai marcar a apresentação, com entrada franca, do espetáculo infantil “A Traça Biblió e o Poeta –Brincando com os versos de Carlos Urbim” na 5ª. edição da Feira do Livro de Faxinal do Soturno, que será realizada na Expofax/ExpoColônia, no estande da Nova Palma Energia, dias 30 de abril e 1º. de maio de 2016.


5ª. Feira do Livro de Faxinal do Soturno

Realizada pela Fundação Ângelo Bozzetto depois de homenagear nomes como Carlos Urbim (patrono da 1ª. edição), Fabrício Carpinejar, Ari Sudati, Walmor Santos e Clara Averbuck, esse ano a feira terá como patronesse Ceura Fernandes, professora de Filosofia e Psicologia, com pós-graduação em Antropologia Filosófica. Autora de “A Vida de Agueda”, biografia da educadora emérita do Rio Grande do Sul Agueda Brazale Leal, além de exercer assessorias de comunicação nos jornais “O Expresso” e “A Razão” de Santa Maria. Ceura vai participar da programação com a palestra intitulada: “Educação, leitura, cidadania e autonomia”.

A Traça Biblió e o Poeta –Brincando com os versos de Carlos Urbim

Ambientada num universo lúdico,  o espetáculo  estimula a leitura e a preservação dos livros, de forma alegre e divertida. É indicada para crianças até os 10 anos.

A  trilha sonora,  criada especialmente,  traduz as ações da personagem Traça Biblió e os signos teatrais,   como o figurino e o cenário,   formado por imagens, que acompanham o  desenvolvimento do roteiro.

Protagonizada e dirigida por Dinorah Araújo,  em montagem da Companhia Te-Atuar, por meio de recursos visuais e sonoros, a personagem Biblió  vai contando  a sua história e dizendo,  com o manuseio de brinquedos e livros,  poemas do Caderno de Temas de Carlos Urbim, que falam do cotidiano dos guris e das gurias no mundo da escola e da família,  como jogo de taco, pandorga, geografia, aritmética,  papel de carta, namoro e bolinho de chuva.

Segundo a pedagoga Eliane Alberche, nessa relação de prazer com o livro,  a criança constrói suas aprendizagens, forma conceitos e estrutura seu pensamento.

“Os poemas do Caderno de Temas envolvem coisas que estão na vida da gente, que  continuamos fazendo, repintando.  Traduzem  o mundo da escola no olhar de um guri, de forma sapeca e alegre, permitem enxergar o mundo da mesma altura, encontrando o mesmo olhar da criança”, disse Carlos Urbim.

As ações desenvolvidas com a Traça Biblió homenageiam a memória do jornalista e escritor Carlos Urbim (1948 – 2015), e marcam a comemoração dos 25 anos de trajetória da personagem e da Companhia Te-Atuar.

Histórico da peça

Espetáculo que marcou a inauguração do Teatro Carlos Urbim da Feira do Livro de Porto Alegre, em homenagem à memória do escritor, no dia 30 de outubro de 2015, A Traça Biblió e o Poeta –Brincando com os versos de Carlos Urbim teve pré-estreia no dia 18 de abril de 2007, na Sala Lili Inventa o Mundo da Casa de Cultura Mario Quintana, marcando o Dia Nacional do Livro Infantojuvenil, foi apresentada 160 vezes e assistida por 19.280 espectadores.

Foi apresentado em escolas da rede pública e privada de ensino de Porto Alegre e do Interior do RS tendo também integrado programações como a Semana da Criança no Instituto Ling, Semana de Cultura da Santa Casa de Porto Alegre, e de feiras de livros da Capital e de cidades do Interior do RS como São Leopoldo, Ivoti, Dois irmãos, Viamão, São Jerônimo, Arroio dos Ratos, Arroio do Sal  e Tramandaí, além de ter participado de comemorações como o 68º. aniversário da Biblioteca Pública Municipal Fernandes Bastos de Osório.

Traça Biblió – 25 anos de incentivo à leitura e amor aos livros

É uma traça singular que ama os livros e, ao invés de roê-los,  se tornou guardiã da biblioteca infantil de uma  velha escola onde mora.

A personagem está em cartaz há 25 anos, desde que saltou das páginas do livro “Uma Graça de Traça”, em outubro de 1990 e, segundo o próprio Carlos Urbim escreveu: “Houve um dia em que a traça saltou do livro e ganhou vida própria. Pela sensibilidade da atriz Dinorah Araújo, tornou-se estrelinha do teatro gaúcho.”  

A personagem Traça Biblió, somando todos os projetos, desde a montagem do livro Uma Graça de Traça na década de 1990, contabiliza atualmente 872 apresentações para 105.797 espectadores.


O sitewww.tracabiblio.com.br

De acordo com a filosofia e estética da personagem Biblió,  o site que tem concepção de Dinorah Araújo e do designer gráfico Luiz Carlos Fetter,  pretende incentivar a leitura e a preservação dos livros de forma alegre e divertida.  A idéia é que a página se constitua num espaço de encontro da Biblió com a gurizada e seja uma ferramenta que contribua para a valorização do livro físico e da leitura.

“A tracinha simpática se espalha pela Internet, com site próprio. Aventura-se pelas novidades tecnológicas que projetam o futuro. Seu recado, no entanto, é único: mesmo no mundo virtual, o gosto mais saboroso é o do papel desempenhado pelos livros em nossa vida”,  escreveu Carlos Urbim.


Duração: 50 minutos 

Informações

www.tracabiblio.com.br

Telefones:  55 (51) 3311.6677 e 9964.5492

E-mail: dinorah@cpovo.net



Programação 5ª. Feira do Livro de Faxinal do Soturno

Entrada franca


Dia 30 de abril - Sábado

10h – Abertura Oficial - Show de Palhaços (Fundação Ângelo Bozzetto)

13h45min - Apresentação do Ballet (Fundação Ângelo Bozzetto)

14h - Contação de estórias: Fundação Ângelo Bozzetto

15h- Palestra “Educação, leitura, cidadania e autonomia” – Patronesse Ceura Fernandes

16h - Peça A Traça Biblió e o Poeta –Brincando com os versos de Carlos Urbim com Dinorah Araújo, montagem da Companhia te-Atuar

18h - Show Musical com Protógenes de Mello, Escola Santanense de Música e Escola Municipal de Música de Restinga Seca.

19h30min - Peça A Bolha Luminosa – Grupo Lumbra (Após workshop com os atores)


Dia 1º. de maio - domingo

10h - Contação de estórias – Fundação Ângelo Bozzetto  e Maquiagem Artística

11h- Sessão Cineminha

13h45min – Ballet ( Fundação Ângelo Bozzetto)

15h- Peça “O Macaco Simão e o Mistério do Rio”- Grupo Pregando Peça

18h – Encerramento

 

Local: Estande da Nova Palma Energia - Parque Municipal de Exposições de Faxinal do Soturno/RS.

Produção: Maria Maciel e Richard Zimmer

Realização: Fundação Ângelo Bozzetto

www.angelobozzetto.com.br

Telefone: (55) 3263-3800





A Traça Biblió e o Poeta:
agenda aberta para 2016


Ambientado num universo lúdico,  o espetáculo  estimula a leitura e a preservação dos livros, de forma alegre e divertida.

A  trilha sonora de música incidental, criada especialmente, o figurino e o cenário,   formado por imagens, que acompanham o  desenvolvimento do roteiro, traduzem as ações da personagem Traça Biblió.

Protagonizada e dirigida por Dinorah Araújo,  em montagem da Companhia Te-Atuar, por meio de recursos visuais e sonoros, a personagem Biblió  vai contando  a sua história e dizendo,  com o manuseio de brinquedos e livros,  poemas do Caderno de Temas de Carlos Urbim, que falam do cotidiano dos guris e das gurias no mundo da escola e da família,  como jogo de taco, pandorga, geografia, aritmética,  papel de carta, namoro e bolinho de chuva.

Indicada para crianças com até 10 anos de idade, segundo a pedagoga Eliane Alberche, assessora pedagógica da peça, nessa relação de prazer com o livro,  a criança constrói suas aprendizagens, forma conceitos e estrutura seu pensamento.

“Os poemas do Caderno de Temas envolvem coisas que estão na vida da gente, que  continuamos fazendo, repintando.  Traduzem  o mundo da escola no olhar de um guri, de forma sapeca e alegre, permitem enxergar o mundo da mesma altura, encontrando o mesmo olhar da criança”, disse Carlos Urbim.

As ações desenvolvidas com a Traça Biblió homenageiam a memória do jornalista e escritor Carlos Urbim (1948 – 2015), e marcam a comemoração dos 25 anos de trajetória da personagem e da Companhia Te-Atuar.

 

Histórico da peça

Espetáculo que marcou a inauguração do Teatro Carlos Urbim da Feira do Livro de Porto Alegre, em homenagem à memória do escritor, no dia 30 de outubro de 2015, A Traça Biblió e o Poeta –Brincando com os versos de Carlos Urbim teve pré-estreia no dia 18 de abril de 2007, na Sala Lili Inventa o Mundo da Casa de Cultura Mario Quintana, marcando o Dia Nacional do Livro Infantojuvenil, foi apresentada 160 vezes e assistida por 19.280 espectadores.

A Traça Biblió e o Poeta –Brincando com os versos de Carlos Urbim inaugurou o Teatro Carlos Urbim da Feira do Livro de Porto Alegre em 30 de outubro de 2015, foi apresentado em escolas da rede pública e privada de ensino de Porto Alegre e do Interior do RS, tendo também integrado programações como a Semana da Criança no Instituto Ling, Semana de Cultura da Santa Casa de Porto Alegre, e de feiras de livros da Capital e de cidades do Interior do RS, entre elas: São Leopoldo, Ivoti, Dois irmãos, Viamão, São Jerônimo, Arroio dos Ratos, Arroio do Sal  e Tramandaí. Além das apresentações em ONGs e projetos Sociais como o Centro de Formação Teresa Verzeri (Navegantes) e AMUE – Associação de Mulheres Unidas do Morro da Polícia, Porto Alegre, o espetáculo marcou comemorações como o 68º. aniversário da Biblioteca Pública Municipal Fernandes Bastos de Osório.


Traça Biblió – 25 anos – Incentivando a leitura e o amor aos livros

É uma traça singular que ama os livros e, ao invés de roê-los,  se tornou guardiã da biblioteca infantil de uma  velha escola onde mora.

A personagem está em cartaz há 25 anos, desde que saltou das páginas do livro “Uma Graça de Traça”, em outubro de 1990 e, segundo o próprio Carlos Urbim escreveu: “Houve um dia em que a traça saltou do livro e ganhou vida própria. Pela sensibilidade da atriz Dinorah Araújo, tornou-se estrelinha do teatro gaúcho.”  

A personagem Traça Biblió, somando todos os projetos, desde a montagem do livro Uma Graça de Traça na década de 1990, contabiliza atualmente 872 apresentações para 105.797 espectadores.


O site – www.tracabiblio.com.br

De acordo com a filosofia e estética da personagem Biblió,  o site que tem concepção de Dinorah Araújo e do designer gráfico Luiz Carlos Fetter,  pretende incentivar a leitura e a preservação dos livros de forma alegre e divertida.  A ideia é que a página se constitua num espaço de encontro da Biblió com a gurizada e seja uma ferramenta que contribua para a valorização do livro físico e da leitura.

A tracinha simpática se espalha pela Internet, com site próprio. Aventura-se pelas novidades tecnológicas que projetam o futuro. Seu recado, no entanto, é único: mesmo no mundo virtual, o gosto mais saboroso é o do papel desempenhado pelos livros em nossa vida”,  escreveu Carlos Urbim.


Duração: 50 minutos  + 10 minutos de interação com as crianças após a apresentação.

Informações

Telefones:  55 (51) 3311.6677 e 9964.5492

E-mail: dinorah@cpovo.net


Parabéns às bibliotecárias e aos bibliotecários pela importância que a função de guardiães dos livros tem para a sociedade, pois as possibilidades da leitura no desenvolvimento do imaginário não têm limites.


Na biblioteca

Posso, se quero
Seguir o vôo
Do quero-quero

ou tomar licor de anis
numa taverna da Espanha
posso ser o homem-Aranha
num arranha-céu
de Chicago
e não me cago de medo

Nada me destrói:
na biblioteca
cheia de aventuras
passadas, futuras
Sou um super-herói!

Poema do livro Caderno de Temas de Carlos Urbim 


Foto: Arquivo_Traça_Biblió
Imagem do Projeto A Traça Biblió e o Poeta -Brincando com os versos de Quintana na Biblioteca Infantojuvenil Lucília Minssen.


Oi, gurizada, bom retorno às aulas!

  Agora que as aulas já começaram em todas as escolas, espero que o retorno esteja sendo muito divertido, com brincadeiras, repleto de descobertas e de conhecimento. Ah, e que seja um ano com viagens fantásticas através da leitura, para lugares onde jamais poderíamos ir.

Beijos da Traça Biblió, saudades

 

 

 

 

 

 

 

 

 




Ibirubá


O que será?
Pense: de ibirubá,
Ibirubense?

Ou menininha
De Ibirubá
É ibirubinha?

Ibirubá
O que será?
É pitangueira
Do mato, constato


Matemática


No início,
Tão antipática!
E a Aritmética?
Chega a ser patética!

Mas depois
quando a gente vê
que dois mais dois...
sempre são quatro...

A gente cai na real:
matemáticaé trilegal!

 

Na biblioteca

Posso, se quero
Seguir o vôo
Do quero-quero

ou tomar licor de anis
numa taverna da Espanha
posso ser o homem-Aranha
num arranha-céu
de Chicago
e não me cago de medo

Nada me destrói:
na biblioteca
cheia de aventuras
passadas, futuras
Sou um super-herói!

Poemas do Caderno de Temas de Carlos Urbim.



Feliz Ano-Novo, aos guris e gurias que curtem o sabor dos livros!

Que as férias sejam muito agradáveis, repletas de brincadeiras, banho e bolinho de chuva em fevereiro, como escreveu Carlos Urbim no poema Chuva de verão do livro Bolacha Maria.

Que o ano de 2016 tenha cheiro de esperança como a terra exala, agradecida assim que recebe os primeiros pingos da chuva de verão.

Beijos da Traça Biblió.


........

Chuva de verão

Assim que recebe
os primeiros pingos
a terra exala, agradecida
cheiro de esperança

Chuva de fevereiro na infância
É um pátio materno
ondulado pelas gotas grossas

Nos galhos da árvore maior
um menino inebriado
pelo cheiro quente do chão
se protege do dilúvio

Depois do aguaceiro
Há de soltar barquinhos
No arroio da sarjeta

pág. 2 do livro Bolacha Maria de Carlos Urbim
ilustração: Gustavo Nakle


Feliz Natal, Gurizada!

Dezembro


Dezembro começa
Com cheiro de jasmins
Tão brancos nos canteiros
Anunciando o verão

A modorra carrega nos erres
Se as cigarras tiram sarro
Durante todo o dia

Dezembro tem gosto de melancia
Cortada na sombra do cinamomo
Quando o calor da tarde
Só fica abafado pelo frio
Na barriga de um menino

Sonhando com o presente de Natal

Carlos Urbim – pág. 22 do livro Bolacha Maria

 


O Natal do Negrinho

Carlos urbim

Na véspera de Natal, uma das tarefas do Negrinho era colher frutas para a ceia na casa do dono da estância. Enquanto trepava nos galhos mais altos, à procura das mais maduras, o piá sonhava com uma grande festa, cheia de frutas bem doces. Mero sonho, pois jamais passou pela cabeça do estancieiro oferecer um jantar natalino aos escravos.

Ali por perto do pomar andava o filho do dono, ainda mais malvado que o pai. Vivia implicando com o Negrinho, inventava histórias, fazia um baita escândalo quando descobria erro ou descuido. A travessura sempre era dele, mas botava a culpa no outro. Só para ver o escravinho ser castigado.

Então, o maldoso fez o que não devia. Roubou a cesta em que o Negrinho vinha botando as frutas colhidas e comeu até se fartar, até sentir a barriga estufando. Não contente, pisoteou as que tinham sobrado. E foi correndo para casa denunciar o escravo. Mentiu para o pai que, em vez de colher, o Negrinho estava lá no fundo do pomar devorando todas as frutas.

O velho ficou furioso. Pegou o relho de couro cru, o que mais machuca, e deu uma sova no coitadinho do escravo. As costas do garoto negro ficaram lanhadas de tanto apanhar. Por incrível que pareça, depois da tortura, lá se foram pai e filho, prontos para esperar a noite de Natal. Deixaram o Negrinho estirado no chão, ele que lambesse as próprias feridas.

Desesperado, o judiadinho pediu a ajuda de Nossa Senhora, sua querida madrinha, a única pessoa boa que ele conhecia. Ao saber do acontecido, a primeira providência da santa foi dar uma lição no mentiroso que provocou tudo. Antes mesmo de chegar em casa, o guri malvado sentiu dor de barriga. Ele nem teria vontade de participar da festa. Passaria a noite inteira com diarréia, para aprender de uma vez por todas a não fazer mais malvadezas.

Em seguida, Nossa Senhora colheu ervas aromáticas no primeiro mato ali depois da coxilha e buscou água pura na cacimba ao pé de um cerro. E, com carinho maternal, preparou remédio para passar nas machucaduras do escravinho. Que logo melhorou e em poucos minutos já estava sorrindo.

Como o marido era carpinteiro hábil, Maria pediu que José fizesse uma miniatura de carreta e também uma pandorga igual às que levantam em Santana do Livramento. Para dar de presente ao afilhado. O Negrinho ficou felicíssimo: agora, além da tropa de osso, tinha mais dois brinquedos.

Em breve, escureceu. Começaram a aparecer velas acesas nos galhos de uma araucária logo adiante. Os olhos do escravinho brilharam mais do que as luzinhas sagradas. Depois de amamentar Jesus, a Virgem Maria serviu churrasco, batatas assadas, saladas, suco de laranja e, como sobremesa, frutas tão doces quanto aquelas que o Negrinho tinha colhido para a ceia do patrão. Foi o Natal mais feliz, apesar de tudo.



Emoção e alegria marcaram a inauguração do Teatro Carlos Urbim


Fotos: Luis Ventura e Marli Conzatti

O preparo foi grande e os guris e as gurias, que curtem o sabor dos livros, lotaram o Teatro Carlos Urbim na última sexta-feira (30/10), pela manhã, ocasião em que o Teatro foi inaugurado e foi feita a abertura oficial da Área Infantil da 61ª. Feira do Livro de Porto Alegre.

Cumprimentos à Câmara Rio-Grandense do Livro pela sensibilidade e grandeza ao realizar essa justa homenagem, pois o Carlos Urbim deixou um grande legado e foi um contumaz amante de todas as artes. Era um apaixonado pelo Teatro. Tanto no papel de escritor como de jornalista ele sempre cavou espaços para a produção artística local nos Cadernos de Cultura dos quais foi editor.

Fiquei muito feliz e emocionada por ter apresentado o espetáculo de inauguração do Teatro Carlos Urbim com o espetáculo infantil A Traça Biblió e o Poeta -Brincando com os versos de Carlos Urbim.

Foi muito bom contar com a presença da família Urbim na plateia, em especial com o neto de Carlos Urbim, o Miguel Urbim, que pela primeira vez assistiu a Traça Biblió.

Dinorah Araújo


 

A Traça Biblió e o Poeta inaugura o Teatro Carlos Urbim da Feira do Livro de Porto Alegre



Marcando a abertura da 61ª. Feira do Livro de Porto Alegre, amanhã, dia 30 de outubro, às 10h30min, o espetáculo infantil A Traça Biblió e o Poeta –Brincando com os versos de Carlos Urbim será apresentado pela atriz Dinorah Araújo, com entrada franca, dentro da homenagem póstuma da Câmara Rio-Grandense do Livro ao jornalista e escritor Carlos Urbim. 

Acompanhe a programação:

9h – Sacoletras, poemas cantados com a atriz Adriane Azevedo e a harpista Liane Schüler;

9 às 13h – na entrada da Área Infantil e Juvenil da Feira – Kombi Karlos com exibição do acervo audiovisual de Carlos Urbim, brincadeiras com artefatos circenses e minioficina de pandorga;

10h – Cerimônia de inauguração do Teatro com intervenções da escritora Cintia Moscovich, das jornalistas Cláudia Laitano e Rosane de Oliveira e de Emiliano Urbim, filho de Carlos Urbim;

10h30min – A Traça Biblió e o Poeta –Brincando com os versos de Carlos Urbim, espetáculo teatral com Dinorah Araújo;

11h15min – Lançamento do livro póstumo de Carlos Urbim, Caixa do Alvinho, editado pela Coordenação do Livro e Literatura, da Secretaria Municipal da Cultura de Porto Alegre.

A Coordenação do Livro e da Literatura vai distribuir exemplares do livro Caixa do Alvinho para 100 professores previamente inscritos e às bibliotecas de suas escolas. Inscrições pelo e-mail visitacaoescolar@camaradolivro.com.br
Foto: Clara De Albuquerque Assenato - Estúdio Claudio Etges



Câmara Rio-Grandense do Livro homenageia
Carlos Urbim na Feira do Livro


Carlos Urbim será o nome do Teatro da Feira do Livro, que será inaugurado no dia 30 de outubro de 2015. A partir das 9h, uma ampla programação em homenagem à memória do jornalista e escritor falecido em fevereiro passado, será oferecida com entrada franca à comunidade em geral.
A Coordenação do Livro e da Literatura, da Secretaria Municipal da Cultura de Porto Alegre, distribuirá 200 exemplares do livro póstumo de Carlos Urbim, Caixa do Alvinho, para professores inscritos previamente e as bibliotecas de suas respectivas escolas, no lançamento da obra, dia 30, às 11h15min, na Área Infantil e Juvenil da 61ª Feira do Livro de Porto Alegre. 



Traça Biblió comemora 25 anos hoje
871 apresentações para mais de 105.400 espectadores

No dia 13 de outubro de 1990, Biblió saiu das páginas do livro "Uma Graça de Traça", de Carlos Urbim, para ser a personagem principal da peça homônima, que se tornou um dos maiores êxitos do teatro infantil gaúcho de todos os tempos.
Sempre com atuação da atriz Dinorah Araújo, a personagem contabiliza 871 apresentações e um público superior a 105.400 mil espectadores. Percorreu salas de espetáculos de Porto Alegre e Interior do RS, foi encenada também em escolas, empresas, bibliotecas, festivais de teatro, seminários para educadores e feiras de livros.



Traça Biblió encantou a gurizada que foi ao
Instituto Ling na Semana da Criançada



Fotos: Clara Assenato e Ricardo Stricher

Brincadeiras, alegria e emoção marcaram as apresentações do espetáculo infantil A Traça Biblió e o Poeta –Brincando com os versos de Carlos Urbim,
realizadas neste sábado e domingo, em homenagem à memória do jornalista e escritor Carlos Urbim (1948 – 2015), e comemorativas aos 25 anos de trajetória da Traça Biblió.
A atriz, jornalista e produtora cultural, Dinorah Araújo que também assina a direção do espetáculo, contou com a presença de muitos amigos gestores de organizações e instituições culturais que apoiam a Traça Biblió, ao longo desses 25 anos, com destaque para Alice Urbim, esposa do escritor, Margarete Moraes, coordenadora da Representação Regional Sul do Ministério da Cultura, escritora e bibliotecária Gládis Barcellos, produtora cultural Lu Bitello, compositor e cantor Zé Caradípia, publicitário e músico Leandro Bhoeira de Jesus da Strat Comunicação, Alex Santos da ANS Gráfica, professora Luana Castro Do Couto e o bibliotecário Alex Ribeiro, presidente do Conselho Regional de Bibliotecas Escolares do RS - 10ª. Região.
"Os guris e as gurias gostaram tanto que não queriam ir embora, foi um final de semana de muito aprendizado, emoção e alegria", afirma Dinorah Araújo.



A Traça Biblió e o Poeta -Brincando com os versos de Carlos Urbim

Semana da Criançada no Instituto Ling
10 e 11 de outubro – sábado e domingo – 16h
Rua João Caetano 440 – Três Figueiras – Porto Alegre – RS
Telefone (51) 3533.5700 – www.institutoling.org.br


As apresentações comemoram os 25 anos de trajetória da personagem e homenageiam a memória do escritor e jornalista Carlos Urbim (1948 – 2015).

Com direção e atuação de Dinorah Araújo, numa biblioteca, de forma alegre e divertida, por meio de recursos visuais e sonoros, a personagem Biblió vai contando sua história e dizendo, com o manuseio de brinquedos e livros,  poemas do Caderno de Temas de Carlos Urbim, que falam do cotidiano dos guris e das gurias no mundo da escola e da família,  como jogo de taco, pandorga, geografia, aritmética,  papel de carta, namoro e bolinho de chuva.

Em outubro de 1990, Biblió saiu das páginas do livro "Uma Graça de Traça", de Carlos Urbim, para ser a personagem principal da peça homônima, que se tornou um dos maiores êxitos do teatro infantil gaúcho de todos os tempos. Representada pela atriz Dinorah Araújo, a personagem contabiliza 869 apresentações e um público superior a 105 mil espectadores. Percorreu salas de espetáculos da Capital e Interior do RS, onde foi encenada em escolas, projetos sociais, empresas, bibliotecas, salas de leitura, festivais de teatro, seminários para educadores e feiras de livros.

Ficha Técnica
Poemas (Carlos Urbim), Concepção, direção e atuação (Dinorah Araújo),
Voz da Bruxa Analfabeta e Mãe Traça (Nara Luanda), Design gráfico (Luiz Carlos Fetter), Criação e produção musical (Eduardo Prates), Cenografia (Nelson Magalhães e Nelson Rosa), Criação figurino, adereços e maquiagem (Nilton Silveira), Iluminação (Carmem Salazar), Assessoria Pedagógica (Eliane Alberche), Assessoria de Imprensa (Dinorah Araújo), Fotografia (Cláudio Etges), Restauração figurino e adereços (Nara Luanda), Direção chamadas TV (Cláudio Piedras), Produção Spot (Eáudio Produtora), operador de som (Andres Costa), -Operador de luz: (Rudson Florencio da Silva), Produção executiva(Marli Conzatti), Coordenação de Produção (Dinorah Araújo), Realização (Companhia Te-Atuar).

Informações sobre a venda de ingressos Antecipados
Ponto de venda: Instituto Ling e pelo site www.institutoling.org.br
Telefone (51) 3533.5700
Instituto Ling – Rua João Caetano, 440 – Bairro Três Figueiras
Investimento: R$ 40,00 (adultos) - R$ 20,00 (criança)
Desconto: CLUBE DO ASSINANTE ZH - 50% de desconto para titular + 1 acompanhante
www.tracabiblio.com.br


Traça Biblió participa da Semana da Criançada no Instituto Ling


Foto: Cláudio Etges

Escute o spot

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Com realização do Instituto Ling e da Companhia Te-Atuar, nos dias 10 e 11 de outubro, às 16h, o espetáculo infantil A Traça Biblió e o Poeta –Brincando com os versos de Carlos Urbim, será apresentada no Instituto Ling, dentro da programação Semana da Criançada.

As apresentações comemoram os 25 anos de trajetória da personagem e homenageiam a memória do escritor e jornalista Carlos Urbim (1948 – 2015).

Os ingressos antecipados para a peça já estão à venda pelo site do Instituto Ling e no local.


Semana da Criançada

De 04 a 12 de outubro, uma programação especial reúne artistas e produtores locais para oferecer conteúdo de qualidade, pensados e desenvolvidos para o público infantojuvenil, com idades entre zero a 14 anos. Serão oferecidas atividades de cinema, dança, música, teatro, literatura, exposição e oficinas. (ver programação completa em www.institutoling.org.br).


O espetáculo A Traça Biblió e o Poeta

Numa biblioteca, de forma alegre e divertida, por meio de recursos visuais e sonoros, a personagem Biblió vai contando sua história e dizendo, com o manuseio de brinquedos e livros,  poemas do Caderno de Temas de Carlos Urbim, que falam do cotidiano dos guris e das gurias no mundo da escola e da família,  como jogo de taco, pandorga, geografia, aritmética,  papel de carta, namoro e bolinho de chuva.


Trajetória da personagem

Em outubro de 1990, Biblió saiu das páginas do livro “Uma Graça de Traça”, de Carlos Urbim, para ser a personagem principal da peça homônima, que se tornou um dos maiores êxitos do teatro infantil gaúcho de todos os tempos. Representada pela atriz Dinorah Araújo, a personagem contabiliza 869 apresentações e um público superior a 105.000 mil espectadores. Percorreu salas de espetáculos da Capital e Interior do RS, onde foi encenada em escolas, empresas, bibliotecas, festivais de teatro, seminários para educadores e feiras de livro.






Informações sobre a venda de ingressos

Ingressos antecipados pelo site e no local já estão à venda
www.institutoling.org.br - Telefone (51) 3533.5700

Instituto Ling – Rua João Caetano, 440 – Bairro Três Figueiras

Investimento: R$ 40,00 (adultos) - R$ 20,00 (criança)


Desconto: CLUBE DO ASSINANTE ZH - 50% de desconto para titular
+ 1 acompanhante


Assessoria de Imprensa
Dinorah Araújo
Jornalista – MTb 5704


 

 

Viva! 
O Mario Quintana está completando 109 anos hoje. Os poetas não morrem.

Com X se escreve XÍCARA
Com X se escreve XIXI
Não faças xixi na xícara...
O que irão dizer de ti?!
Do livro O Batalhão das Letras.

Charge: Mottini




Foto: Cláudio Etges.
 

Traça Biblió na programação do 109º. aniversário do poeta Mario Quintana.

Dentro da programação realizada pela Casa de Cultura Mario Quintana para comemorar o aniversário de 109 anos de nascimento do poeta Quintana, no dia 31 de julho, às 14h30min, será apresentada a visita guiada com a Tração Biblió de Carlos Urbim, em atuação da atriz Dinorah Araújo.

Acompanhe a programação com entrada franca http://www.ccmq.com.br/2015/07/ccmq-celebra-o-109%C2%BA-aniversario-de-mario-quintana/


Veja o vídeo:

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player




Visita guiada pela Traça Biblió na Casa de Cultura
está com agendamento aberto para escolas

Está aberto o agendamento para escolas da rede pública municipal, estadual e particular de ensino do RS, interessadas em levar os alunos para conhecer a Casa de Cultura Mario Quintana.

A atividade nesse ano é uma homenagem à memória do escritor e jornalista Carlos Urbim (1948 – 2015) e abre as comemorações dos 25 anos de trajetória da personagem Traça Biblió, desde que saltou das páginas do livro “Uma Graça de Traça”, em outubro de 1990 e, segundo o próprio Carlos Urbim escreveu: “Houve um dia em que a traça saltou do livro e ganhou vida própria. Pela sensibilidade da atriz Dinorah Araújo, tornou-se estrelinha do teatro gaúcho.”



A apresentação

Mais do que uma visita guiada     “A Traça Biblió e o Poeta –Brincando com os versos de Quintana”, eterna homenagem ao poeta alegretense, com roteiro assinado por Carlos Urbim e Dinorah Araújo, é uma apresentação teatral realizada pela atriz Dinorah Araújo com a personagem Traça Biblió de Carlos Urbim, que percorre os mais variados espaços da Casa, entre eles o quarto do poeta.

Com realização da Companhia Te-Atuar e desenvolvido com o apoio da Casa de Cultura Mario Quintana, as apresentações serão realizadas sempre às quartas-feiras, pela manhã ou tarde, de acordo com a disponibilidade de cada escola agendada.

Público-alvo

É indicada para estudantes do 3º., 4º. e 5º. Anos do Ensino Fundamental.

A visita

É conduzida por Dinorah Araújo, de forma lúdica,  com a personagem Traça Biblió, de Carlos Urbim,  que  apresenta a Casa de Cultura Mario Quintana para  os estudantes.  Aborda o universo infantil da obra do poeta, sem deixar de incluir aspectos alusivos à infância contidos nos livros para adultos, além de referências que traduzem o amor de Quintana pela cidade de Porto Alegre, uma das grande fonte de inspiração da sua produção literária.

Enquanto vai mostrando detalhes da Casa de Cultura e contando sobre a vida e a obra do poeta às crianças, Biblió vai dizendo poemas e textos de Quintana.

A obra e a vida do poeta alegretense são mescladas com a história do Hotel Majestic, fundado em 1923, e que se tornou a atual Casa de Cultura,  em 1990.

Os poemas e textos escolhidos para compor o roteiro integram as obras: Pé de Pilão, Lili Inventa o Mundo, Baú de Espantos, Sapo Amarelo,  A Rua dos Cataventos, Canções, Sapato Florido, Espelho Mágico, Caderno H, Apontamentos de Histórias Sobrenatural, Esconderijos do Tempo, A Vaca e o Hipogrifo, O Batalhão das Letras e Sapato Furado.


Histórico do projeto

Idealizado no verão de 2006 por Dinorah Araújo, estreou no dia 5 de outubro do mesmo ano, com o apoio da Casa de Cultura Mario Quintana, ocasião que integrou a programação intitulada: Aprendiz de Feiticeiro - 100 Anos de Mario Quintana e vem sendo apresentado sistematicamente.

De lá para cá, além das apresentações sistemáticas para as escolas , o projeto sempre integrou as programações especiais em homenagem ao aniversário de nascimento do poeta e de aniversário da Casa de Cultura.

Com periodicidade semanal, contabiliza 133 apresentações para 5.091 espectadores.

 

A TRAÇA BIBLIÓ E O POETA
      BRINCANDO COM OS VERSOS DE QUINTANA

Visita guiada na Casa de Cultura Mario Quintana

Rua dos Andradas, 736

Informações e agendamento

Telefone: (51) 3311.6677/9964.5492 – E-mail: dinorah@cpovo.net

Sítio: www.tracabiblio.com.br


Bem como o guri daltônico gostava

Homenagem a Carlos Urbim reuniu grande público de guris e gurias que curtem o sabor dos livros no Centro Municipal de Cultura sábado à tarde

Uma exposição do exemplar único do livro Aprendiz de Avô, que Carlos Urbim escreveu para o neto Miguel, de um ano de idade, recebia o público já no saguão do Centro Municipal de Cultura no último dia 28/3. Mas por todos os lados havia atividades para a gurizada, desde a feitura de pandorgas até a encenação do espetáculo Um guri colorido no Teatro Renascença. O chão do estacionamento e da entrada lateral do CMC viraram tapetes cobertos de brinquedos.

As coordenações de Artes Cênicas e do Livro e Literatura da Secretaria Municipal da Cultura foram parceiras na realização da homenagem que integrou as atividades da Semana de Porto Alegre 243 Anos.

A Kombina, projeto da escritora Christina Dias, que foi batizada de Kombina Karlos foi grafitado pelo artista Lucas Anão Vernieri e a exibição do documentário de Luzimar Stricher da série Conversa de Livraria fizeram parte da programação em homenagem ao Carlos Urbim.

O espetáculo Um guri colorido reuniu fragmentos de trabalhos encenados de várias obras de Carlos Urbim.


-“Um Guri daltônico”, leitura dramática feita pelo ator João Carlos Castanha.

-“Piá Farroupilha”, com Nina Eick, Mariana Delpino, Gabriel

Ditelles, Thiago de Luca e Guilherme Barcellos. Direção de Bob Bahlis.


-“Um menino chamado Carlos”, com Morgana Rodrigues, Carini Pereira e Juliano Canal. Direção de Juliano Canal em Realização do grupo Teatro Nó Cego.


-“Sacoletras”, Adriane Azevedo e Liane Schüler, cantam poemas de Carlos Urbim e contam algumas histórias.

-“Traça Biblió é Uma graça de traça”, fragmentos do espetáculo infantil A Traça Biblió e o Poeta –Brincando com os versos de Carlos Urbim , montagem da Companhia Te-Atuar, com atuação e direção de Dinorah Araújo.

Uma revoada de balões coloridos no estacionamento do CMC ao cair da tarde marcou o encerramento da homenagem a Carlos Urbim.

   
         
   
         
     




Espetáculo Um guri colorido - Homenagem a Carlos Urbim 
Sábado, 28/3, às 16h30min, no Teatro Renascença, Av. Erico Verissimo, 307 - Entrada franca
Dentro da programação da Semana de Porto Alegre.

A peça “Um guri colorido” é quase um programa de auditório apresentado pelo ator de nove anos, Dënis Carvalho. As atrações serão apresentadas por artistas do teatro e música, com fragmentos de alguns espetáculos infantis inspirados nos livros de Carlos Urbim, que já estiveram em cartaz nas últimas décadas no RS. Direção de Bob Bahlis.

Um Guri daltônico”, de João Carlos Castanha. Uma leitura dramática feita pelo ator João Carlos Castanha.

Piá Farroupilha”, de Bob Bahlis, com Nina Eick, Mariana Delpino, Gabriel Ditelles, Thiago de Luca e Guilherme Barcellos.

Um menino chamado Carlos”, de Juliano Canal, com Morgana Rodrigues, Carini Pereira e Juliano Canal. Realização do grupo Teatro Nó Cego.

Sacoletras”, Adriane Azevedo e Liane Schüler, cantam poemas de Carlos Urbim e contam algumas histórias.

Traça Biblió é Uma graça de traça”, uma montagem da Companhia Te-Atuar com direção e atuação de Dinorah Araújo.

 Antes da peça, entre 14h e 16h30, a escritora de livros infantis Christina Dias programou muitas atividades para a criançada.  Tudo acontecerá dentro do Centro Municipal de Cultura, no foyer do Teatro Renascença e estacionamento. Lonas na entrada lateral do CMC estarão no chão com brinquedos. Haverá exibição do único exemplar de “Avô Aprendiz”, último texto deixado por Urbim, escrito e ilustrado por ele mesmo. O Texto foi dedicado ao neto Miguel. Será projetado o documentário de Luzimar Stricher da série Conversa de Livraria. E no estacionamento, ficará estacionada a Kombi Karlos. Versão dedicada ao autor da Kombina – projeto da escritora de Christina Dias.  O veículo será ainda grafitado pelo artista Lucas Anão Vernieri.

Informações: http://maisteatro.org/


Não percam!

Um guri Colorido – Homenagem a Carlos Urbim

Dia 28 de março no Centro Municipal de Cultura de Porto Alegre












Brincadeiras para as crianças fazerem nas férias

1-DOBRADURA RECORTADA

  Bastam alguns pedaços de papel, lápis ou caneta e tesoura. Dobre as folhas em forma de sanfona, desenhe na frente da primeira dobra a figura (um boneco, uma estrela, uma casa) e recorte sobre o traço, observando que a figura tenha pontos não recortados na margem esquerda e direita. Ao desdobrá-la, uma renda de papel aparecerá.


2-FIGURAS DE REVISTAS

As revistas se prestam para muitas brincadeiras: folha-las com as crianças, comentando detalhes das imagens e do texto, por exemplo. Com crianças alfabetizadas, procure palavras com determinadas iniciais e figuras e invente histórias.


3-CÓDIGO SECRETO

Nesta brincadeira, uma criança é o extraterrestre. Ela deverá sair da sala e combinar com coordenador do jogo um movimento que fará sem parar diante dos participantes. Os colegas devem descobrir o gesto –ou código secreto- para que ela interrompa o movimento. Caberá ao participante que descobrir ser o próximo extraterrestre.

4-DESENHAR COM CARVÃO

 

Em folha de jornal ou de embrulho, faça desenhos livres ou de acordo com um tema sugerido. Também pode-se fazer desenhos coletivos: um inicia o desenho e os demais completam. Só não vale desenhar nas paredes e nos móveis.

5-LISTAS DE PALAVRAS

Estimule seu filho a dizer ou escrever palavras de acordo com determinados temas, como nomes de cidades, artistas, músicas, pessoas ou marcas de automóvel, desde que comecem com uma letra combinada. Para aumentar o desafio, estabeleça o tempo de duração para elaboração da lista. No fina, sairá vencedor aquele que mais palavras tiver listado.


Fonte: Jornal Zero Hora - Tânia Ramos Fortuna, professora de Psicologia da Faculdade de Educação da UFRGS e coordenadora geral do projeto Quem Quer Brincar?


Centenas de crianças que estudam em escolas públicas do RS
tiveram a oportunidade de conhecer a Casa de Cultura em 2014


As 20 apresentações de A Traça Biblió e o Poeta –Brincando com os versos de Quintana, visita guiada que fiz na Casa de Cultura Mario Quintana-CCMQ no ano passado para cerca de 700 estudantes do ensino fundamental de escolas públicas da rede estadual e municipal de ensino, a maioria crianças, me trouxeram muita alegria, aprendizado e esperança.

É muito gratificante ver o quanto as crianças menos afortunadas são alegres, criativas, educadas e respeitosas. Pude constatar também que ainda existe professor comprometido e empenhado com a infância. Sei que muitas dessas crianças e jovens voltarão à Casa de Cultura com seus familiares e também que se não fosse a opção por uma política pública em prol da infância, jamais essas crianças teriam tido a oportunidade de conhecer a CCMQ. E o que as crianças e os jovens necessitam é de oportunidade.

“Quero dizer que foi um imenso prazer e um grande aprendizado, dinâmico, o passeio à Casa de Cultura Mario Quintana. As crianças com seus bons comportamentos e participação provaram que amaram o passeio e na prática associaram o aprendizado da sala de aula com a Traça Biblió e o Poeta”, escreveu a Professora Shirley Martins dos Santos, da Escola estadual de Ensino Fundamental Gonçalves Dias de Porto Alegre.

O Manoel Henrique Paulo que encerrou sua gestão enquanto diretor da CCMQ no dia 31 de dezembro último disse: "A cada dia de visita guiada com a Traça Biblió, a CCMQ toda fica encantada”!

Para mim, atuar na Casa de Cultura recebendo a gurizada é sempre um encanto, uma grande alegria e um presente muito especial.


Dinorah Araújo

 
 

Crédito das fotos: Shirley Martins
 
 



2014

Programa Mais Educação oferece oportunidade para alunos de escolas públicas 


Segundo a informação das educadoras, as quais têm levado os alunos do Ensino Fundamental de escolas públicas de porto Alegre e do Interior para conhecer a Casa De Cultura Mario Quintana, por meio da apresentação da visita guiada com a Traça Biblió, a maioria só consegue oferecer essa oportunidade para a gurizada devido a verba do programa Mais Educação do Ministério da Cultura, instituído em 2007. 
As apresentações da visita guiada são realizadas com entrada franca, graças a iniciativa da Casa de Cultura Mario Quintana, instituição da Secretaria de Estado da Cultura, em parceria com a Associação dos Amigos da Casa de Cultura Mario Quintana, com apoio do Banrisul. Esse ano, mais de 800 crianças, de 18 escolas e quatro projetos sociais serão beneficiadas.
O Programa Mais Educação, instituído pela Portaria Interministerial nº 17/2007 e regulamentado pelo Decreto 7.083/10, constitui-se como estratégia do Ministério da Educação para induzir a ampliação da jornada escolar e a organização curricular na perspectiva da Educação Integral.
As escolas das redes públicas de ensino estaduais, municipais e do Distrito Federal fazem a adesão ao Programa e, de acordo com o projeto educativo em curso, optam por desenvolver atividades nos macrocampos de acompanhamento pedagógico; educação ambiental; esporte e lazer; direitos humanos em educação; cultura e artes; cultura digital; promoção da saúde; comunicação e uso de mídias; investigação no campo das ciências da natureza e educação econômica.
Desenho criado pelas crianças da EMEF Nossa Senhora do Carmo, da Restinga, Porto Alegre (assinados por elas).

     
     


Mario Quintana pelos traços das meninas Sarah e Manuela
Homenagem aos 108 anos de nascimento de Mario Quintana - visita guiada na Casa De Cultura Mario Quintana pela Traça Biblió - 30 de julho de 2014
PS.: as gurias atravessaram o Mampituba para visitar a Casa de Cultura. Vieram de Bombinhas-SC

   




Programação da Casa de Cultura Mario Quintana em homenagem aos 108 anos de nascimento do poeta Mario Quintana. Entre as atividades está a visita guiada com a  Traça Biblió. Crianças pequenas e grandes estão convidadas. Entrada franca.


Não tem preço
Fazer o que se gosta, incluir o público que não tem acesso oferecendo o encontro com a arte, e receber desse público -tão querido- um retorno maravilhoso não tem preço. 
Cartão recebido doas alunos e professores da Escola Estadual Santa Luzia, aqui de Porto Alegre, que conheceram a Casa de Cultura nesse mês de julho de 2014, por meio da apresentação de “A Traça Biblió e o Poeta -Brincando com os versos de Quintana”.


Não há mais datas disponíveis para a visita guiada pela Traça Biblió na Casa de Cultura em 2014
     
     
     
   

O Projeto A Traça Biblió e o Poeta –Brincando com os versos de Quintana, vai contemplar estudantes do ensino fundamental de 18 escolas da rede pública estadual e municipal de ensino do RS, Nar Belém Novo – Núcleo de Abrigo Residencial e participantes de quatro projetos sociais. Mais de 800 crianças vão conhecer a Casa de Cultura Mario Quintana, informações sobre o antigo Hotel Majestic, a casa de Cultura como Centro Cultural e o universo poético de Quintana até o final de novembro desse ano de 2014.

As apresentações teatrais são conduzidas pela atriz e jornalista Dinorah Araújo, na pele da personagem Traça Biblió, de Carlos Urbim.

Com roteiro assinado pelo escritor Carlos Urbim e por Dinorah Araújo, as apresentações gratuitas são promovidas pela Casa de Cultura Mario Quintana, com apoio cultural do Banrisul.

Grupos de estudantes da EEEF Santa Luzia, EMEF Nossa Senhora do Carmo, EEEF José Garibaldi e do Programa Pró-Jovem, dos Centros de Referência de Assistência Social – CRAS, das Regiões do Partenon e da Lomba do Pinheiro foram contemplados no último mês de junho e julho.

Agenda até 26 de novembro, data que encerram-se as apresentações em 2014.

 



 Casa de Cultura promove visita guiada pela Traça
Biblió com entrada franca para escolas públicas

 










Crédito da foto:
Cláudio Etges

Está aberto o agendamento gratuito –com vagas limitadas- para escolas da rede pública municipal e estadual de ensino do RS, interessadas em levar os alunos para conhecer a Casa de Cultura Mario Quintana.

Mais do que uma visita guiada     “A Traça Biblió e o Poeta –Brincando com os versos de Quintana”, é uma apresentação teatral realizada pela atriz Dinorah Araújo com a personagem Traça Biblió de Carlos Urbim, que percorre os mais variados espaços da Casa, entre eles o quarto do poeta.

Promovida pela Casa de Cultura Mario Quintana, é uma atividade gratuita para escolas públicas e será apresentada sempre às quartas-feiras, pela manhã ou tarde, de acordo com a disponibilidade de cada escola agendada.

Público-alvo

Com roteiro assinado por Carlos Urbim e Dinorah Araújo, A Traça Biblió e o Poeta –Brincando com os versos de Quintana é indicada para estudantes do 3º., 4º. e 5º. Anos do Ensino Fundamental.


A visita

É conduzida por Dinorah Araújo, de forma lúdica,  com a personagem Traça Biblió, de Carlos Urbim,  que  apresenta a Casa de Cultura Mario Quintana para  os estudantes.  Aborda o universo infantil da obra do poeta, sem deixar de incluir aspectos alusivos à infância contidos nos livros para adultos, além de referências que traduzem o amor de Quintana pela cidade de Porto Alegre, uma das grande fonte de inspiração da sua produção literária.

Enquanto vai mostrando detalhes da Casa de Cultura e contando sobre a vida e a obra do poeta às crianças, Biblió vai dizendo poemas e textos de Quintana.

A obra e a vida do poeta alegretense são mescladas com a história do Hotel Majestic, fundado em 1923, e que se tornou a atual Casa de Cultura,  em 1990.

Os poemas e textos escolhidos para compor o roteiro integram as obras: Pé de Pilão, Lili Inventa o Mundo, Baú de Espantos, Sapo Amarelo,  A Rua dos Cataventos, Canções, Sapato Florido, Espelho Mágico, Caderno H, Apontamentos de Histórias Sobrenatural, Esconderijos do Tempo, A Vaca e o Hipogrifo, O Batalhão das Letras e Sapato Furado.

Histórico

Idealizado no verão de 2006 por Dinorah Araújo, que também assina a produção, vem sendo apresentado sistematicamente.  Estreou no dia 5 de outubro de 2006 com a parceria da Casa de Cultura Mario Quintana, ocasião que   integrou a programação intitulada: Aprendiz de Feiticeiro - 100 Anos de Mario Quintana.

Contabiliza 105 apresentações para 4.231 espectadores de várias partes do RS e de outros estados. 

 

A TRAÇA BIBLIÓ E O POETA
BRINCANDO COM OS VERSOS DE QUINTANA

Visita guiada na Casa de Cultura Mario Quintana
Rua dos Andradas, 736
Entrada franca

Informações e agendamento
Telefone: (51) 3311.6677/9964.5492 – E-mail: dinorah@cpovo.net

Sítio: www.tracabiblio.com.br


 
Foto: Cláudio Etges.

O Ano Novo ainda não tem pecado:
É tão criança...
Vamos embalá-lo...
Vamos todos cantar juntos em seu berço de mãos dadas,
A canção da esperança. 

Mario Quintana

Desejo Feliz 2014 para todos os guris e todas as gurias que curtem o sabor dos livros.

Com um grande beijo da Traça Biblió.



Poesia do Mario Quintana inspira aluna da EEEF Lídia Moschetti

Trabalho da Larissa Ribeiro, aluna da Escola Estadual de Ensino Fundamental Lídia Moschetti, de Porto Alegre, inspirado no poema Confessional do Mario Quintana. Fruto do trabalho preparatório que os professores desenvolveram com a gurizada para a apresentação de A Traça Biblió e o Poeta -Brincando com os versos de Quintana, visita guiada na Casa de Cultura pela Traça Biblió.

     

 

Quando participar faz a diferença

     

 


 

Obrigada, Canini, por teres dedicado tua arte maravilhosa também às crianças.

     

Quarto do poeta Mario Quintana encanta a gurizada

Um dos espaços da Casa de Cultura que as crianças mais curtem quando participam do projeto A Traça Biblió e o Poeta -Brincando com os versos de Quintana é o quarto do poeta. Vejam como a gurizada fica à vontade. Gostam tanto do quarto do Quintana que um dos alunos do Centro Municipal de Educação Básica Eva Karnal Johann, de Esteio, na saída do quarto perguntou para a Traça Biblió: Por acaso aqui na casa tem quartos de outros poetas?

Fotos: Profa. kamila Rahde Reali

   
         
   
         
       

 

Traça Biblió e Carlos Urbim se encontram na Feira do Livro de Arroio do Sal

Foi uma grande alegria para a Traça Biblió ter realizado duas apresentações de A Traça Biblió e o Poeta –Brincando com os versos de Carlos Urbim, ontem, 9/10, na abertura da VI Feira do Livro de Arroio do Sal. Encontrar o jornalista e escritor Carlos Urbim, patrono dessa edição, é sempre um regalo da vida. A Prefeitura de Arroio do Sal está de parabéns pelo trabalho desenvolvido na cultura e na educação. As crianças estavam bem preparadas, foram muito receptivas e demonstraram grande interesse ao acompanhar o espetáculo. Belo exemplo e fundamentada homenagem a prefeitura está prestando à infância. Fotos: Luiz Viana

   

 


A Traça Biblió e o Poeta –Brincando com os versos
de Carlos Urbim na Feira do Livro de Arroio do Sal 


O espetáculo infantil A Traça Biblió e o Poeta –Brincando com os versos de Carlos Urbim será apresentado na abertura da VI Feira do Livro de Arroio do Sal. As apresentações serão realizadas com entrada franca no dia 9 de outubro, às 10h e às 15 horas no palco principal que estará localizado na Praça da Emancipação.

O escritor e jornalista Carlos Urbim é o patrono da Feira do Livro.

O espetáculo

Ambientada num universo lúdico,  a peça  é indicada para estudantes da Escola Infantil ao 5º. ano do Ensino Fundamental e, de forma alegre e divertida,  estimula a leitura e a preservação dos livros. 

A  trilha sonora,  criada especialmente,  sublinha as ações da personagem Traça Biblió e os signos teatrais  como o figurino e o cenário,   formado por imagens que acompanham o  desenvolvimento do roteiro.

Protagonizada e dirigida por Dinorah Araújo,  em montagem da Companhia Te-Atuar, por meio de recursos visuais e sonoros, a personagem Biblió  vai contando  sua história e dizendo,  com o manuseio de brinquedos e livros,  poemas do Caderno de Temas de Carlos Urbim, que falam do cotidiano dos guris e das gurias no mundo da escola e da família,  como jogo de taco, pandorga, geografia, aritmética,  papel de carta, namoro e bolinho de chuva.

Segundo a pedagoga Eliane Alberche, nessa relação de prazer com o livro,  a criança constrói suas aprendizagens, forma conceitos e estrutura seu pensamento.

Urbim diz que   os poemas do Caderno de Temas envolvem coisas que estão na vida da gente, que  continuamos fazendo, repintando.  “Traduzem  o mundo da escola no olhar de um guri, de forma sapeca e alegre, permitem enxergar o mundo da mesma altura, encontrando o mesmo olhar da criança”, completa o autor.

Traça Biblió

É uma traça singular que ama os livros e, ao invés de roê-los,  se tornou guardiã da biblioteca infantil de uma  velha escola onde mora.

O espetáculo já foi apresentado em escolas da rede pública e privada de ensino de Porto Alegre e do Interior do RS tendo também integrado a programação de feiras de livro da Capital e de cidades como São Leopoldo, Ivoti, Dois Irmãos, Viamão, São Jerônimo, Arroio dos Ratos e Tramandaí, além de ter participado de programações comemorativas como os 68 anos da Biblioteca Pública Municipal Fernandes Bastos de Osório.

A Traça Biblió e o Poeta –Brincando com os versos de Carlos Urbim foi assistida por mais de 20 mil espectadores.


Traça Biblió recebeu escola pública de Lajeado na Casa de Cultura


Na manhã ensolarada e fria do dia 18 de setembro mais de 40 crianças com 8 e 9 anos, alunos do 3º. ano da Escola Estadual de Ensino Fundamental Irmã Branca de Lajeado fizeram um passeio mágico com a Traça Biblió pela Casa de Cultura Mario Quintana. Acompanhadas por algumas professoras, as crianças eram muito educadas, curiosas e divertidas. Guiados pela Biblió, os estudantes que estavam muito bem preparadas foram participativos, disseram poemas de Quintana com a Biblió e chegaram a recitar poemas sozinhos. Percorreram as duas alas da Casa para conhecer espaços como o quarto onde viveu o poeta, o Jardim Lutzenberger, a Biblioteca Infanto-Juvenil Lucília Minssen, as galerias do Museu de Arte do RS e o acervo do Quintana junto ao Quintana`s Bar onde encerra a apresentação. Foram momentos de muita alegria, emoção e aprendizado. Parabéns à Escola Irmã Branca, aos professores, aos pais e, é claro, às crianças. Obrigada à Casa de Cultura por receber o projeto A Traça Biblió e o Poeta –Brincando com os versos de Quintana e ao Banrisul pelo apoio cultural.

   



Traça Biblió no aniversário de 107 anos de Mario Quintana

Dentro da programação Ler Quintana: em comemoração aos 107 anos de nascimento de Mario Quintana, a visita guiada A Traça Biblió e o Poeta –Brincando com os versos de Quintana”, será apresentada pela jornalista e atriz Dinorah Araújo na próxima terça, dia 30 de julho, às 15 horas, com entrada franca, na Casa de Cultura Mario Quintana.

Com roteiro assinado por Carlos Urbim e Dinorah Araújo, a visita guiada A Traça Biblió e o Poeta –Brincando com os versos de Quintana é indicada para estudantes do 3º., 4º. e 5º. Anos do Ensino Fundamental, mas já recebeu alunos do ensino médio e universitários, além do público em geral.


A visita

De forma lúdica,  com a personagem Traça Biblió, de Carlos Urbim   apresenta a Casa de Cultura Mario Quintana para  os estudantes.  Aborda o universo infantil da obra do poeta, sem deixar de incluir aspectos alusivos à infância contidos nos livros para adultos, além de referências que traduzem o amor de Quintana pela cidade de Porto Alegre, grande fonte de inspiração da sua produção literária.

Enquanto vai mostrando detalhes da Casa de Cultura, entre eles o quarto do poeta, Biblió vai dizendo poemas e textos de Quintana. A obra e a vida do poeta alegretense são mescladas com a história do Hotel Majestic, fundado em 1923 e que se tornou na atual Casa de Cultura,  em 1990.

Os poemas e textos escolhidos para compor o roteiro integram as obras: Pé de Pilão, Lili Inventa o Mundo, Baú de Espantos, Sapo Amarelo,  A Rua dos Cataventos, Canções, Sapato Florido, Espelho Mágico, Caderno H, Apontamentos de Histórias Sobrenatural, Esconderijos do Tempo, A Vaca e o Hipogrifo, O Batalhão das Letras e Sapato Furado.

Histórico

Idealizado no verão de 2006 por Dinorah Araújo, que também assina a produção, vem sendo apresentado sistematicamente.  Estreou no dia 5 de outubro de 2006 com a parceria da Casa de Cultura Mario Quintana, ocasião que   integrou a programação intitulada: Aprendiz de Feiticeiro - 100 Anos de Mario Quintana.

Contabiliza 79 apresentações para 3.783 espectadores.


Realização: Casa de Cultura Mario Quintana e apoio do Banco do Estado do Rio Grande do Sul-BANRISUL.


A Traça Biblió e o Poeta - Brincando com os versos de Quintana
Dia 30 de julho – 15h – Entrada franca
Visita guiada na Casa de Cultura Mario Quintana

Rua dos Andradas, 736 – Centro Histórico

Informações
Telefone: (51) 3311.6677/9964.5492 – E-mail: dinorah@cpovo.net
Sítio: www.tracabiblio.com.br

 


A TRAÇA BIBLIÓ E O POETA BRINCANDO COM OS VERSOS DE CARLOS URBIM
na Festa de Inclusão e Solidariedade

Dia 10 de maio – 14h - Centro de Formação Teresa Verzeri
Av. Sertório, 253 – bairro Navegantes
Porto Alegre – Entrada franca
 


Gurizada curte a poesia do livro Pé de Pilão do Quintana

Com três penas no topete
E no rabo apenas sete
E como enfeite ele tinha
Um guizo em cada peninha

De chegada à Casa de Cultura a turma 43 do 4º ano da E.M.E.F. Profª Alice de Carvalho de Alvorada, RS, identificou o pássaro do poema Pé de Pilão do Mario Quintana. O roteiro da visita guiada pela Traça Biblió começa na Travessa dos Cataventos, no térreo, exatamente onde está a bela escultura do pássaro alusivo ao poema do Pé de Pilão. Criado por Zoé Degani, a partir da iniciativa do então diretor da Casa de Cultura, saudoso Marcos Barreto (1959-2011), o pássaro ali está desde 2011.

Desde o inicio, a gurizada demonstrou estar muito à vontade na visita à Casa de Cultura e com o pé que era um leque para conhecer tudo, além de estarem com o poema do Pé de Pilão na ponta da língua para dizê-lo -em coro-, o que não era diferente para a profa. Adriana Natálio que os acompanhou.

Cheia de entusiasmo, junto com os alunos, ela demonstrou sua dedicação e amor pela poesia. Tudo isso porque estudam a poesia de Quintana na escola, em especial, o livro Pé de Pilão. Foi lindo de ver quando chegou a hora de conhecer a sala Pé de Pilão da Biblioteca Infanto-Juvenil Lucília Minssem que fica no 5º. andar e as crianças junto com a profa. Adriana recitaram grande parte do poema. Belo exemplo! A profa. Adriana e seus alunos estão de parabéns.

Interessante é que ao contrário do que muitos adultos pensam -que as crianças não entendem e não gostam de poesia-, o encontro da Traça Biblió, representada pela atriz Dinorah Araújo, foi muito divertida e pelo visto a alegria continua lá na escola, pois, segundo o e-mail da profa. Adriana a gurizada ainda está muito feliz por ter conhecido a casa de Cultura: “Tenha certeza de que todos ficaram felicíssimos com a visita do dia 09.11 e agora na sala de aula é um "TI.TI.TI.TI.TI.TI...." que só vendo...(risos).

Os pássaros foram grande fonte de inspiração ao poeta Quintana, a exemplo do Poeminha do Contra, que diz: “Todos esses aí que estão/Atravancando o meu caminho/Eles passarão/Eu passarinho!”.

   
         
     

 


Alunos da Escola Lídia Moschetti demonstram
gosto pela leitura em visita à Casa de Cultura


Recebidos pela Traça Biblió na visita guiada “A Traça Biblió e o Poeta –Brincando com os versos de Quintana”, roteiro que percorre a Casa de Cultura Mario Quintana-CCMQ, a gurizada da E.M.E.F. Lídia Moschetti de porto Alegre, que visitou a CCMQ no último dia seis de novembro demonstrou ter grande gosto pela leitura. Entre os espaços visitados, os quais encantam as crianças está a Biblioteca Infanto-Juvenil Lucília Minssen, localizada no 5º. andar, onde a personagem Biblió desenvolve a leitura de poemas do livro O Batalhão das Letras, de Mario Quintana.

“A gurizada não queriam sair da biblioteca. Fiquei muito emocionada ao ver como as crianças gostam dos livros”, afirma Dinorah Araújo, atriz que interpreta a Traça Biblió e que, ao lado do jornalista e escritor Carlos Urbim, assina o roteiro da visita. Dinorah conta que ideia de trabalhar O Batalhão das Letras foi exatamente para homenagear os estudantes na visita, pois o poeta Mario Quintana ao publicar essa importante obra homenageia todas as pessoas, já que escreveu um poema para cada letra do alfabeto.

A professora Luciana Marques, vice-diretora da Lídia Moschetti, que acompanhou as crianças na visita disse que o gosto pela leitura dos alunos tem origem nos projetos que estão sendo desenvolvidos na escola. “Durante todo  o ano letivo  trabalhamos com projetos que incentivam a leitura de nossos alunos, entre eles é a hora da leitura que acontece todas as quintas-feiras, neste dia alunos e professores  ficam lendo livros, revistas jornais durante  uma hora. Também  desenvolvemos um segundo projeto , com o titulo de momento da leitura no recreio, onde a bibliotecária da escola leva uma caixa com várias obras para o recreio e os alunos adoram”, conta a professora.

A Traça Biblió combinou com a gurizada da Lídia Moschetti que vai conseguir livros para a biblioteca da escola. Tomara!

   
         
       

 



Biblió recebe escolas públicas e ONGs na Casa de Cultura

Graças a uma iniciativa da Casa de Cultura Mario Quintana-CCMQ, patrocinada pelo Banrisul, estudantes de escolas públicas municipais e estaduais e integrantes de ONGs têm a oportunidade de conhecer gratuitamente a CCMQ em visita conduzida pela atriz Dinorah Araújo com a personagem Traça Biblió, protagonista do livro Uma Graça de Traça de Carlos Urbim.

Uma série de 15 apresentações da visita guiada “A Traça Biblió e o Poeta –Brincando com os versos de Quintana”, deste ano de 2012, iniciou no dia 30 de julho, dentro da programação em comemoração aos 106 anos de nascimento do poeta Mario Quintana, seguida da visita realizada dia 26 de setembro na programação do aniversário de 22 anos da Casa de Cultura. Realizadas às tardes de terça-feira, até o dia 18 de dezembro, estão sendo brindadas, de acordo com o agendamento feito pela Casa de Cultura mediante ampla divulgação, se agendaram as seguintes instituições:

ONG Associação das Mulheres Unidas pela Esperança (Morro da Polícia-Porto Alegre), ONG Escola da Vida (Vila Cruzeiro –Porto Alegre), Universidade Federal do Rio Grande do Sul-UFRGS (alunos da Faculdade de Museologia), EMEF Grande Oriente – Porto Alegre, EMEF Saint Hilaire – Porto Alegre, EMEF Erico Verissimo – Esteio, EEEM Santos Dumont- Porto Alegre, EEEF Lidia Moschetti – Porto Alegre, EMEF Profª Alice de Carvalho – Alvorada, EE Infantil Vale Verde – Porto Alegre, EEEF Cidade Jardim – Porto Alegre, EMEF Pepita de Leão – Porto Alegre, EMEF Martin Taufer – Porto Alegre, EMEF Jean Piaget – Porto Alegre e EMEF Sargento Raimundo – Porto Alegre.

A visita das 15 instituições contempladas receberá cerca de 700 estudantes, que se somarão aos espectadores deste projeto em cartaz desde 2006 e contabiliza mais de 80 apresentações para cerca de 4.000 mil espectadores.

Fotos: Daissi Letissia Paz

   
         
   
         
       





 

Visita guiada pela Traça Biblió na Casa de Cultura será gratuita para escolas públicas

 

     

Está aberto o agendamento para escolas da rede pública municipal e estadual de ensino do RS, interessadas em levar os alunos para conhecer a Casa de Cultura Mario Quintana.

Com realização da Casa de Cultura Mario Quintana, a visita guiada     A Traça Biblió e o Poeta –Brincando com os versos de Quintana, apresentada pela atriz e jornalista Dinorah Araújo, é uma atividade gratuita para escolas públicas e será realizada sempre às terças-feiras, pela manhã ou tarde, de acordo com a disponibilidade de cada escola agendada.

 

Público-alvo

Com roteiro assinado por Carlos Urbim e Dinorah Araújo, a visita guiada A Traça Biblió e o Poeta –Brincando com os versos de Quintana é indicada para estudantes de primeira à quarta séries do ensino fundamental.


A visita

É conduzida por Dinorah Araújo, de forma lúdica,  com a personagem Traça Biblió, de Carlos Urbim,  que  apresenta a Casa de Cultura Mario Quintana - CCMQ  para  os estudantes.  Aborda o universo infantil da obra do poeta, sem deixar de incluir aspectos alusivos à infância contidos nos livros para adultos, além de referências que traduzem o amor de Quintana pela cidade de Porto Alegre, grande fonte de inspiração da sua produção literária.

Enquanto vai mostrando detalhes da Casa de Cultura, entre eles o quarto do poeta, Biblió vai dizendo poemas e textos de Quintana.

A obra e a vida do poeta alegretense são mescladas com a história do Hotel Majestic, fundado em 1923 e que se tornou na atual Casa de Cultura,  em 1990.

Os poemas e textos escolhidos para compor o roteiro integram as obras: Pé de Pilão, Lili Inventa o Mundo, Baú de Espantos, Sapo Amarelo,  A Rua dos Cataventos, Canções, Sapato Florido, Espelho Mágico, Caderno H, Apontamentos de Histórias Sobrenatural, Esconderijos do Tempo, A Vaca e o Hipogrifo, O Batalhão das Letras e Sapato Furado.

Histórico

Idealizado no verão de 2006 por Dinorah Araújo, que também assina a produção, vem sendo apresentado sistematicamente.  Estreou no dia 5 de outubro de 2006 com a parceria da Casa de Cultura Mario Quintana, ocasião que   integrou a programação intitulada: Aprendiz de Feiticeiro - 100 Anos de Mario Quintana.

Contabiliza 78 apresentações para 3.758 espectadores.

 

A TRAÇA BIBLIÓ E O POETA BRINCANDO COM OS VERSOS DE QUINTANA

Visita guiada na Casa de Cultura Mario Quintana

Rua dos Andradas, 736

Entrada franca

Agendamento para escolas

De segunda a sexta – das 15h às 19h

Telefone: (51) 3221.7147

Informações

Sítio: www.tracabiblio.com.br

http://www.facebook.com/traca.biblio


Assessoria de Imprensa

Dinorah Araújo

Jornalista - MTb 5704

Telefones: (51) 3311.6677 e 9964.5492

E-mail: dinorah@cpovo.net

Skype: mdatuar


Visita guiada pela Traça Biblió na abertura da programação do Aniversário de 106 anos do poeta Mario Quintana

Realizada ontem, 30 de julho, a visita contou com a presença das crianças da ONG AMUE-Associação das Mulheres Unidas pela Esperança, localizada no Morro da Polícia, em Porto Alegre. Também acompanharam a visita, crianças e adultos do público em geral. Entre os fãs da poesia de Quintana e da Traça Biblió estavam a menina Lua Hikari e sua mãe a artista plástica Emília Hissami Aso Ehara.

   
         
   

Crédito fotos: imprensa/CCMQ


Programação 106 anos de Mario Quintana

 

Traça  Biblió na programação do aniversário  de  Mario Quintana


Com roteiro de Carlos Urbim e Dinorah Araújo, integrando  a programação  da  Semana do Aniversário de 106 anos do poeta  Mario Quintana,    a visita guiada     A Traça Biblió e o Poeta –Brincando com os versos de Quintana, será apresentada pela atriz Dinorah Araújo na Casa de Cultura,  no dia 30 de julho. 

A visita que será apresentada com entrada franca é promovida pela Casa de Cultura Mario Quintana-CCMQ e conta com a parceria da Biblioteca Infanto-Juvenil Lucília Minssen.


Público-alvo

Estudantes de escolas públicas do ensino fundamental, ONGs, Abrigos e outros projetos sociais  desenvolvidos na Capital e no Interior.

A visita

É conduzida por Dinorah Araújo, de forma lúdica,  com a personagem Traça Biblió, de Carlos Urbim,  que  apresenta a Casa de Cultura Mario Quintana - CCMQ  para  estudantes.  Aborda o universo infantil da obra do poeta, sem deixar de incluir aspectos alusivos à infância contidos nos livros para adultos, além de referências que traduzem o amor de Quintana pela cidade de Porto Alegre, grande fonte de inspiração da sua produção literária.

Enquanto vai mostrando detalhes da Casa de Cultura, entre eles o quarto do poeta, Biblió vai dizendo poemas e textos de Quintana.

A obra e a vida do poeta alegretense são mescladas com a história do Hotel Majestic, fundado em 1923 e que se tornou na atual CCMQ,  em 1990.

Os poemas e textos escolhidos para compor o roteiro integram as obras: Pé de Pilão, Lili Inventa o Mundo, Baú de Espantos, Sapo Amarelo,  A Rua dos Cataventos, Canções, Sapato Florido, Espelho Mágico, Caderno H, Apontamentos de Histórias Sobrenatural, Esconderijos do Tempo, A Vaca e o Hipogrifo, O Batalhão das Letras e Sapato Furado.

Histórico

Idealizado no verão de 2006 por Dinorah Araújo, que também assina a produção, vem sendo apresentado sistematicamente.  Estreou no dia 5 de outubro de 2006 com a parceria da Casa de Cultura Mario Quintana e   integrou a programação intitulada: Aprendiz de Feiticeiro - 100 Anos de Mario Quintana.

Contabiliza 77 apresentações para 3.708 espectadores.

A TRAÇA BIBLIÓ E O POETA
BRINCANDO COM OS VERSOS DE QUINTANA

Visita guiada na Casa de Cultura Mario Quintana

Rua dos Andradas, 736
Dia 30 julho – 14h30min
Entrada franca

Informações
Telefone: (51) 3311.6677 e 9964.5492
Sítio: www.tracabiblio.com.br




Outras notícias